Comidinhas

Rede coreana BBQ Chicken capricha no tempero do frango frito em azeite

Nascida em 1995, a marca promete abrir 300 endereços até 2020 no Brasil

Por: Helena Galante - Atualizado em

bbq-chicken
Frango sweet and spicy acompanhado de salada caesar (R$ 21,90): o tempero agridoce abre o apetite (Foto: Mario Rodrigues)

Pouco conhecida da maioria dos paulistanos, a culinária coreana tem como traço principal a quantidade generosa de pimenta usada em pratos ensopados, mexidos ou preparados na chapa. Diferentemente dos três restaurantes tradicionais da categoria na capital, a nova BBQ Chicken veio de Seul com uma especialidade de fast-food: o frango frito no azeite.

O sabor picante está presente na ave, mas de maneira comedida. “Tivemos de adaptar nosso tempero ao paladar brasileiro, diminuindo a pimenta e aumentando um pouco o sal”, conta Thomaz Choi, responsável por trazer a franquia para toda a América do Sul. Nascida em 1995, a marca já dispõe de 4 000 unidades espalhadas pelo mundo e tem um audacioso plano de abrir 300 endereços até 2020 no Brasil.

Vizinha do metrô Ana Rosa, a primeira loja, inaugurada no início de outubro, possui fachada de vidro e predominância de público oriental. Muito solícitos, os atendentes indicam para os iniciantes a porção chamada olive chicken (R$ 20,90 a de quatro pedaços; R$ 34,50 a de oito), composta de nacos de frango empanados, suculentos e perfeitamente crocantes. Desossada, a porção sobe para R$ 23,50 (seis unidades) e R$ 37,90 (doze).

Mais ardida, a versão sweet and spicy chega regada por um molho de pimenta agridoce. Dois pedaços podem acompanhar a salada caesar, coberta de bastante queijo parmesão (R$ 21,90), um merecido refresco às papilas gustativas.

Exclusividade paulistana, uma polenta em bastões integra a seleção de entradas (R$ 9,90). Pelo mesmo preço, também faz bonito a twisted potato. Trata-se de três espetinhos de batata cortada em espiral e frita na forma de uma mola. O queijo ralado finaliza ambas as pedidas. De sobremesa, vale experimentar o milk-shake de Ovomaltine, de cremosidade exemplar. Custa R$ 18,90.

Nos dias 24 e 31, funciona das 11h30 às 16h. Fecha no Natal e em 1º de janeiro.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO