Esporte

Receita Federal libera equipamentos de atletas chineses

Canoas da equipe olímpica estavam presas no Porto de Santos

Por: Veja São Paulo

Mistérios da Cidade 2258 raia USP
Raia olímpica da USP: 2.200 metros de comprimento, 100 de largura e 3 de profundidade (Foto: Cida Souza)

Presas no Porto de Santos desde sábado (23), as canoas da equipe chinesa de canoagem foram liberadas nesta quarta-feira (27), informou a Receita Federal. Elas ficaram retidas porque os representantes da delegação do país não apresentaram a chamada Declaração Simplificada de Importação ao desembarcar nas docas.

+ As adequações da capital para os Jogos Olímpicos

Após alguns dias de atraso, a declaração foi finalmente registrada no início da noite de terça (26) e passou por conferência na manhã desta quarta.

Li Qiang Atleta canoagem China
Li Qiang, atleta da equipe olímpica de canoagem da China (Foto: Reprodução)

Por causa do problema, os atletas foram obrigados a improvisar nos últimos dias, treinando na Raia da USP, na Cidade Universitária, no Butantã, com três barcos emprestados pelaa Confederação Brasileira de Canoagem.

+ Onde curtir as Olimpíadas na cidade

A equipe de canoagem da China é composta por sete atletas, sendo cinco mulheres - Zhou Yu, Ren Wenjun, Liu Haiping, Ma Qing e Li Yue - e dois homens - Li Qiang e Wang Riwei.

Fonte: VEJA SÃO PAULO