Receitas - doces

Receita de caramelo do Fabrice Le Nud

Sabia que uma pitada de sal ajuda a quebrar a doçura do caramelo? Veja como acertar os diferentes pontos deste doce, entre eles a calda e o crocante

Por: Marcelo Cobra - Atualizado em

  

Ingredientes

450g de açúcar

150ml de água

1 colher (sopa) de glucose de milho

1 pitada de sal

Modo de preparo

Ponto de bala mole

Coloque a glucose de milho no fundo da panela e acrescente açúcar e água. Deixe a água dissolver o açúcar. Leve ao fogo alto e acrescente um pouco de sal, para quebrar a doçura do caramelo. Deixe a água evaporar e espere a massa adquirir consistência. O ponto de bala mole tem massa cremosa e gruda nos dedos.

Ponto de bala dura

A passagem do ponto de bala mole para o de bala dura ocorre em instantes. A consistência é mais firme.

Ponto crocante

Nesta etapa, o caramelo tem cor amarelo claro. É o ponto perfeito para glacear, por exemplo, massas de éclair.

Ponto para decoração

É quando o caramelo já está com uma coloração mais forte. Quando tirar do fogo, coloque a panela em um recipiente com água fria para interromper a fervura e evitar que a mistura queime.

Calda

Acrescente água à receita e deixe ferver até adquirir a consistência desejada.

Dificuldade: fácil

Sobre a Pâtisserie Douce France

Requintados e menos açucarados que similares vistos na praça, os doces do chef francês Fabrice Le Nud são produzidos ali todos os dias. O saint-honoré tem massa folhada crocante, bombinhas carameladas e recheadas com creme de baunilha mais cobertura de chantilly.

Na vitrine, saltam aos olhos os supercoloridos macarons. Eles desmancham na boca. Nos sabores chocolate, chocolate com cupuaçu, limão, pistache, framboesa, avelã e café.

Fonte: VEJA SÃO PAULO