Exposições

Mostra "Realidades", no Sesc Pinheiros, reúne desenhos de 17 artistas

Obras de Rodrigo Bivar, Felipe Cohen e Fernanda Chievo estão entre as selecionadas

Por: Jonas Lopes - Atualizado em

Exposições 2203
Óleo sobre papel de Rodrigo Bivar: diálogo com a tradição (Foto: Divulgação)

Autor de biografias dos gênios renascentistas, o italiano Giorgio Vasari (1511-1574) escreveu que o desenho é o “pai de nossas três artes — arquitetura, escultura e pintura”. Esse antigo suporte segue vivo, como comprova a mostra Realidades — Desenho Contemporâneo Brasileiro, em cartaz no térreo e no 3º andar do Sesc Pinheiros. Dezessete nomes integram a seleção do curador Nazareno Rodrigues — ele próprio marca presença com a excelente série “Valentes”, formada por registros de fardas militares ao longo da história. “Trabalhos de engenharia, invenções científicas e até a invenção da perspectiva, tudo isso partiu do desenho”, diz.

Exposições 2203
Colagem de Felipe Cohen: figuração e abstração (Foto: Divulgação)

As soluções encontradas pelos artistas chamam atenção pela variedade. Rodrigo Bivar dialoga diretamente com gêneros tradicionais, a exemplo do retrato e da natureza-morta. Felipe Cohen aposta em colagens a princípio abstratas. Ao serem observadas com cuidado, elas revelam paisagens noturnas. Fernanda Chieco dá prosseguimento à sua mistura de erotismo e elementos mitológicos. Marcelo Moscheta apresenta o impressionante conjunto “Mégalithes de Bretagne”. Nele, desenha bunkers da II Guerra Mundial localizados na região da Bretanha (França) e anota no papel coordenadas que remetem a ruínas arqueológicas, estimulando o debate sobre a ideia de verdade e ficção na criação artística.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO