GENTE

Rafael Ilha: "Tirei a 'tiriça' da cadeia", diz em novo vídeo

Solto na noite de terça-feira, ex-polegar grava depoimento agradecendo o apoio dos fãs

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

rafael-ilha2
Rafael Ilha foi liberado na noite desta terça (26) (Foto: Marcello Inkratas/Sigmapress/Folhapress)

Após deixar a delegacia na noite de terça (27), o ex-polegar Rafael Ilha gravou um novo vídeo para agradecer o apoio dos fãs. “Fique emocionado com as mensagens que mandaram para mim e a Aline”, afirmou ele.

Ex-Polegar é chamado em boletim de ocorrência de Rafael "Pilha"

Bem-humorado, Rafael fez piada com o fato de ter passado a noite na delegacia. “Tirei a tiriça da cadeia. Já estou limpinho. Até a cueca eu já troquei”, disse.

O ex-polegar disse ainda que o momento mais difícil foi ficar longe da esposa, Aline Kezh, que está grávida. “Mas agora já passou, estou aqui com o amor da minha vida.”

Rafael Ilha
Rafael gravou vídeo para agradecer apoio dos fãs (Foto: Reprodução)

Quando ainda estava detido, Rafael chegou a gravar vídeo no qual explicou as razões para sua detenção. Segundo ele, tudo não passou de um “mal entendido, uma falta de comunicação dele com a Justiça”.

De acordo com a polícia, Rafael foi detido na segunda (25) por ter deixado de  comparecer às audiências determinadas por causa de um caso que aconteceu em 2008, quando tentar internar a força um dependente química em sua clínica de reabilitação.  Com isso, um mandado de prisão foi expedido. Nesta terça, porém, a Justiça determinou novamente que ele volte aprestar serviços comunitários.

Atualmente, Rafael trabalha como repórter no programa da apresentadora Sônia Abrão, na Rede TV! Procurada, a emissora disse que não se pronunciará sobre o caso.

O músico fez sucesso nos anos 80, mas, depois do fim do grupo musical, acabou colecionando problemas com a Justiça devido à sua dependência química. Em 1998, foi preso por tentativa de roubo, ao pegar um vale-transporte de uma mulher.

No ano passado, ele foi detido pela Polícia Federal ao cruzar com uma espingarda calibre 12 a Ponte da Amizade, na cidade de Foz do Iguaçu (PR), divisa do Brasil com o Paraguai.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO