Acidente

Avenida Washington Luís é liberada para veículos

Via estava inteditada depois que viga do Monotrilho caiu na tarde de segunda-feira

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Acidente Monotrilho
Primeira fase da obra está prevista para o segundo semestre deste ano (Foto: Futura Press/Folhapress)

A Avenida Washington Luís foi liberada no sentido bairro na manhã desta terça-feira (10), após a queda de uma viga das obras do monotrilho. No acidente, uma pessoa morreu. Pela manhã, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditava o local. Os motoristas tiveram que utilizar como alternativa as avenidas Ibirapuera, Vereador José Diniz, Santo Amaro e Nove de Julho.

+ Metrô volta a funcionar normalmente, mas trânsito fica acima da média

A viga da futura Linha 17-Ouro do Metrô caiu na tarde desta segunda-feira (9) na Zona Sul da capital. O operário Juraci Cunha dos Santos morreu na hora e outros dois funcionários ficaram feridos. O acidente aconteceu por volta das 16h40 na Avenida Washington Luís, esquina com Rua Vieira de Morais, próximo ao Aeroporto de Congonhas. 

A obra é realizada pelo Consórcio Monotrilho Integração, formado pelas empresas Andrade Gutierrez, CR Almeida, Scomi Engineering e MPE Montagens e Projetos Especiais. Em nota, os responsáveis lamentaram a morte do operário e afirmaram que os feridos não correm risco de morrer. "Uma perícia será feita no local para identificar as causas do acidente. Nesse momento o Consórcio se solidariza com as famílias e prestará todo o suporte necessário às mesmas", diz o texto. 

O Metrô afirma que lamenta o acidente e exige uma "rápida apuração sobre as causas da ocorrência". 

Obra

Iniciada em 2012, a construção de 17,7 quilômetros vai ligar o bairro do Jabaquara ao Estádio do Morumbi, passando pelo Aeroporto de Congonhas. O investimento é de 3,1 bilhões.

A primeira fase deveria ser entregue neste mês - antes da Copa -, mas atrasou e ficou para o final de 2014. O governo estadual culpou a burocracia e a demora em obter as licenças ambientais. 

O trecho inaugural deve contemplar sete estações - Congonhas, Brooklin Paulista, José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e Morumbi, onde fará interligação com a estação homônima da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). No futuro, a Linha 17-Ouro também fará conexão com a Linha 1-Azul (Estação Jabaquara), Linha 5-Lilás (futura Estação Campo Belo) e com a Linha 4-Amarela (futura Estação São Paulo-Morumbi). 

Linha 17-Ouro Monotrilho
Linha completa terá quase 18 quilômetros (Foto: Veja São Paulo)

Risco de queda

Em novembro, parte da Avenida Jornalista Roberto Marinho, por onde vai passar uma estação do monotrilho, foi interditada por risco de queda de uma das vigas. O alerta foi feito pelos próprios funcionários da obra. A viga defeituosa foi substituída. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO