Clássico

“Quanto Mais Quente Melhor” volta ao cinema

Morta há 50 anos, musa Marilyn Monroe será relembrada em obra-prima de Billy Wilder

Por: Bruno Machado - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Ao longo de sua carreira, Marilyn Monroe participou de grandes comédias que entraram para a história do cinema. Dentre elas, “Quanto Mais Quente Melhor” (1959), que para muitos é a maior já realizada. No clássico pastelão de Billy Wilder, dois músicos (Tony Curtis e Jack Lemmon) testemunham uma chacina promovida por gângsters e, para fugir, encontram uma solução absurda: vestir-se de mulher e entrar para uma banda exclusivamente feminina.

+ Os melhores filmes em cartaz; salas e horários

+ Tudo sobre Marilyn Monroe

Em 5 de agosto, completam-se 50 anos da morte, em circunstâncias até hoje mal explicadas, de Marilyn. Para homenageá-la, “Quanto Mais Quente Melhor” volta ao cinema nesta sexta (3). Produzida a partir de negativos restaurados, a cópia em película foi exibida recentemente em São Paulo, durante uma mostra na Cinemateca. Agora, o filme fica em cartaz até pelo menos dia 9 de agosto no Espaço Unibanco de Cinema.

Confira na galeria de fotos dez curiosidades sobre o longa.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO