Crime

Quando uma família termina em tragédia

Semanas após um adolescente ter matado pai, mãe, avó e tia na Vila Brasilândia, dois novos casos chocam a cidade: mãe é suspeita de assassinar as filhas e pai, de envenenar suas crianças

Por: João Batista Jr., Juliana Deodoro e Nataly Costa - Atualizado em

arte capa
(Foto: Veja São Paulo)

O mal que causa maior perplexidade é aquele que destrói um lar, depois de ser alimentado por um dos membros da própria família. Ele se embrenha de forma sorrateira no ambiente até explodir aos olhos de todos na forma de uma grande tragédia. Até hoje, custa crer que um garoto de rosto angelical e pródigo em distribuir gestos de carinho aos mais próximos, como demonstram várias imagens que retratam um pouco do dia a dia de sua residência, na Vila Brasilândia, tenha assassinado o pai, a mãe, a avó e uma tia — e cometido suicídio na sequência. Os trabalhos da polícia que apontam na direção de Marcelo Pesseghini, de 13 anos, como o autor das mortes, mostram um lar diferente daquele que parecia ser um ambiente equilibrado e amoroso. O pai de Marcelinho já havia sido advertido pela escola do filho por tratar na frente dele dos detalhes da rotina violenta da Rota, onde trabalhava como sargento. Ele e a mulher enfrentavam uma crise conjugal. Antes da chacina, o menino tinha ameaçado a avó com uma flecha e, nos últimos tempos, tentava organizar com os amigos do colégio um grupo de matadores de aluguel. Nenhum deles o levou a sério, até a descoberta dos corpos dos Pesseghini no dia 5 de agosto.

Outros crimes ocorridos recentemente na capital e em seus arredores resultaram na morte de membros de uma mesma família. Mary Vieira Knorr, de 53 anos, que tinha quatro passagens na polícia, sendo três por estelionato, e não conseguia pagar dívidas de cerca de 200 000 reais, teria confessado o assassinato de suas duas filhas (Giovanna,de 14 anos, e Paola, de 13). Na sua casa no Butantã, onde havia um forte cheiro de gás, Mary foi encontrada agonizando no chão. Em uma residência em Cotia, a 35 quilômetros da capital, a polícia encontrou na parede da cozinha a seguinte frase escrita com um lápis verde: “Deus me perdoe. Não consegui cuidar dos meus filhos”. O recado teria sido deixado pelo cabeleireiro Claudinei Pedrotti Júnior, suspeito de ter matado a mulher e os dois filhos, antes de cometer suicídio. Nos últimos tempos, ele lutava para se livrar da cocaína e tentava recomeçar a vida com um novo negócio.

Nesse cenário de tantas histórias horrendas, uma outra tragédia familiar foi logo tomada como episódio semelhante. Na segunda passada (16), em Ferraz de Vasconcelos, cinco pessoas foram encontradas mortas: a auxiliar de enfermagem Diná Vieira da Silva, de 42 anos, e quatro filhos com idade entre 6 e 16 anos. A polícia prendeu preventivamente na terça (17) o namorado de Diná, o boliviano Alex Pedraza. Ele tem uma condenação por furto e foi denunciado três vezes por agressões à auxiliar de enfermagem. Apesar desse histórico, os peritos do Instituto de Criminalística trabalhavam na quinta (19) com a hipótese de morte acidental. Os cinco teriam sido vítimas de um vazamento de gás. Se essa possibilidade se confirmar, o envenenamento de que se suspeitou poderia ter sido causado pelo monóxido de carbono liberado pelo encanamento danificado do apartamento onde moravam.

Falta de dinheiro, problemas de relacionamento, desentendimentos entre casais e dificuldades no trabalho ou na escola acontecem em qualquer família, em qualquer lugar do mundo, sem causar nenhum tipo de tragédia além de desconforto e tensão. Os casos recentes representam extremos que, em geral, ocorrem pela soma desses e de outros fatores. “Como todo comportamento, sua causa é múltipla”, observa o médico Daniel de Barros, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas. “No caso da Mary Vieira Knorr, por exemplo, o stress das dívidas pode ter desencadeado um surto psicótico. Mas pode haver outras causas ainda desconhecidas.” Pessoas próximas às famílias do Butantã e de Cotia não notavam nada de anormal na rotina daquelas pessoas antes das tragédias. “É comum que vizinhos não percebam os distúrbios, pois todo mundo procura preservar sua intimidade”, afirma a psicóloga Rosely Sayão. “Mas o relacionamento íntimo é o mais verdadeiro, pois costumamos brigar com maior frequência com quem amamos e convivemos.” Em Anna Karenina, um dos maiores romances da literatura, o escritor russo Leon Tolstoi diz que todas as famílias felizes se parecem, para depois observar: “Cada família infeliz é infeliz à sua maneira”. Conheça os detalhes e contornos particulares dos casos que chocaram todos os paulistanos: 

+ Paola e Giovanna Knorr Victorazzo: encontradas mortas pelo irmão

+ Família Pedrotti: drogas e dívida

  • Administração / Comportamento

    Cartas sobre a edição 2339

    Atualizado em: 20.Set.2013

  • VEJA SÃO PAULO recomenda

    Atualizado em: 9.Out.2015

    Restaurante, espetáculo, exposição, doceria e outras atrações em cartaz
    Saiba mais
  • Maioria das instituições fica na Zona Sul
    Saiba mais
  • Projeto iniciado no ano passado está presente em 25% das varas
    Saiba mais
  • Mistérios da Cidade

    Os países onde mais nascem filhos de paulistanos

    Atualizado em: 20.Set.2013

    O cartório da Sé é o único da cidade que recebe registros de nascimento ou óbito de outras nações
    Saiba mais
  • Mistérios da Cidade

    Paulistano não sabe descartar lixo eletrônico

    Atualizado em: 20.Set.2013

    Cooperativa na Barra Funda opera abaixo da capacidade. Saiba onde deixar seus equipamentos antigos
    Saiba mais
  • O livro Paixão: o Brasil de Todos os Mundiais, do jornalista Orlando Duarte, foi lançado no último dia 12 em um evento no Museu do Futebol
    Saiba mais
  • Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos e empresários que são destaque na cidade
    Saiba mais
  • Variados / Variados

    ONG leva cachorros para visitar abrigos e hospitais

    Atualizado em: 10.Nov.2014

    A psicóloga Tatiane Ichitani coordena a Cão Terapeuta
    Saiba mais
  • As Boas Compras

    Coletes masculinos ganham destaque nas ruas

    Atualizado em: 20.Set.2013

    A peça é feita em vários tipos de tecido e diferentes acabamentos
    Saiba mais
  • Comportamento

    Confira as novidades da semana da coluna Bichos

    Atualizado em: 2.Out.2015

    A seção fala sobre a abertura de uma padaria pet na cidade
    Saiba mais
  • Trânsito

    O teste das faixas de ônibus

    Atualizado em: 20.Set.2013

    Pistas exclusivas aumentaram a velocidade dos coletivos, mas algumas vias ainda estão subaproveitadas
    Saiba mais
  • O ator deixou de ser conhecido apenas no teatro
    Saiba mais
  • Campeões das vaquinhas, paulistanos ajudam a bancar desde filme espírita até escola na Libéria
    Saiba mais
  • Moda / Salões de beleza

    Os maquiadores, cabeleireiros e manicures queridinhos das famosas

    Atualizado em: 20.Set.2013

    As feras que atendem celebridades como Mariana Rios, Maria Casadevall e, até, Gisele Bündchen, revelam os regredos que os levaram até o pódio do mercado da beleza paulistano
    Saiba mais
  • Comportamento / Saúde

    Cigarros eletrônicos ganham adeptos, mas são nocivos à saúde

    Atualizado em: 20.Set.2013

    Uso de "vaporizadores" vira moda na capital paulista. Médicos dizem que 'é fumar do mesmo jeito'
    Saiba mais
  • Lojas / Roupas

    Leggings coloridas invadem as academias e as ruas

    Atualizado em: 20.Set.2013

    Quanto mais chamativas as estampas, melhor
    Saiba mais
  • Rock

    Os rock stars das noites paulistanas

    Atualizado em: 20.Set.2013

    Com a agenda cheia até abril de 2014, a banda Insônica completa dez anos como uma das mais disputadas dos pubs da cidade
    Saiba mais
  • As Boas Compras

    As Boas Compras: sapatênis

    Atualizado em: 20.Set.2013

    Confira nove modelos em diferentes estilos
    Saiba mais
  • Confira as liquidações da semana

    Atualizado em: 29.Nov.2013

    Abaixo, uma seleção de lojas com promoções atraentes
    Saiba mais
  • Pizzarias

    1900 - Jardins

    Rua Barão De Capanema, 348, Cerqueira César

    Tel: (11) 3061 3125

    VejaSP
    Sem avaliação

    Não tão antiga quanto indica o seu nome — na verdade, trata-se só de uma referência à data de construção do primeiro galpão ocupado pelo italiano Giovanni Paolo Momo —, a rede firmou-se como uma das maiores da cidade. As diferenças na decoração e no atendimento são inevitáveis entre as unidades. Na casa mais ao sul da cidade, na Rua Sócrates, o salão é mais simplesinho do que o da Vila Mariana, por exemplo. Mas a qualidade das coberturas dispostas sobre a massa média assada no forno a lenha se mantém. Na seção do cardápio intitulada light está a saborosa udinese (R$ 73,20), de queijo minas, ricota, parmesão e manjericão fresco, com declaradas 349 calorias por fatia. Fora da dieta, a gratinata leva catupiry, provolone e parmesão (R$ 73,20). Para uma sobremesa assada na hora, peça o calzone em tamanho míni de cream cheese e calda de amora com raspinhas de limão, servido com sorvete de creme. Custa R$ 18,50.

    Preços checados em 16 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    Attimo

    Rua Diogo Jácome, 341, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 5054 9999

    VejaSP
    14 avaliações

    Ao contratar o chef Paulo Kotzent em julho, o restaurateur Marcelo Fernandes reafirma a disposição em oferecer um cardápio italiano cada vez mais clássico já que o novo cozinheiro tem passagens como titular do Piselli, do Santovino e da Bráz Trattoria. Petisco de origem romana, o suppli al telefono (bolinho de arroz recheado de mussarela; R$ 26,00) vai à mesa em porção com quatro unidades. Uma das massas frescas revisadas pelo cozinheiro é o ravióli de pera e ricota ao molho de gorgonzola doce e redução de vitela (R$ 60,00). Com a cremosidade ideal, o espaguete à carbonara (R$ 74,00) leva queijo grana padano, ovo, pancetta e pimenta-do-reino. Variação de uma receita da Toscana, a paleta de cordeiro recebe a parceria de lentilhas (R$ 84,00). Cozida em espumante asti, a pera vem com creme de caramelo e calda de frutas vermelhas (R$ 25,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Confira as mudanças em endereços como a Casa Cury, em Perdizes, o Geiko-San, nos Jardins, o Gusto, no Itaim, e o Ton Hoi, em Caxingui
    Saiba mais
  • Refeição em bufê

    Spazio Gastronomico - Itaim Bibi

    Avenida Horácio Lafer, 533, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3078 5775 ou (11) 3078 0028

    1 avaliação

    A casa completou vinte anos e se separou da unidade da Vila Olímpia. Hoje em um único ponto no Itaim é possível pedir um dos panini montados no pão ciabatta para dividir como entrada. A versão quente mais cara, chamada de siena (R$ 32,50), vem recheada de presunto, queijo parmesão e tomate ao tempero de azeite e orégano. Às vezes, a cozinha pode vacilar no preparo de carnes e deixar o medalhão passar do ponto solicitado (a opção ao molho madeira acompanhada de arroz custa R$ 49,00). São pedidas mais certeiras as massas feitas com bastante molho, como nas cantinas. O nhoque recheado de catupiry ao sugo sai por R$ 39,50.

     

    Preços checados em 13 de agosto de 2014.

    Saiba mais
  • Italianos

    Eat Trattoria

    Avenida Doutor Cardoso De Melo, 1191, Vila Olímpia

    8 avaliações
  • Bar-restaurante

    Mozza

    Rua Oscar Freire, 439, Cerqueira César

    4 avaliações
  • Bares

    Endereços que servem boas receitas de sangria

    Atualizado em: 22.Set.2013

    A refrescante bebida ganha versões bacanas em quatro botecos
    Saiba mais
  • Institutos de educação/Escolas

    Nespresso Expertise Center

    Rua Padre João Manuel, 1164, Cerqueira César

    2 avaliações

    O inconfundível logotipo da Nespresso na fachada deste sobrado nos Jardins pode dar a entender que o espaço é uma loja de máquinas e cápsulas de expresso. Engano. O imóvel no qual funcionou até janeiro de 2013 a cafeteria da marca, então chamada Boutique Bar, foi reformado para abrigar o primeiro Nespresso Expertise Center das Américas, com inauguração dia 27/9/2013. O espaço interativo traz painéis que explicam o processo de produção da planta e sua origem — além da história da empresa suíça, claro. Um tour grátis pode ser agendado pelo telefone: 0800-7777-737, assim como uma iniciação às técnicas de degustação. Num dos pontos mais interessantes do passeio, o visitante sente diferentes aromas presentes na infusão e prova cinco amostras do mesmo grão. Outros três cursos, também gratuitos, abordam a harmonização da bebida, receitas de café com leite e drinques gelados apenas para membros do Nespresso Club.

    Saiba mais
  • Árabes

    Al Baladi

    Rua Pais de Araújo, 185, Itaim Bibi

    1 avaliação
  • Sucesso entre as crianças, a animação de 2005 ganhou uma adaptação para os palcos batizada de Madagascar Ao Vivo!, que será apresentada de 26 de setembro a 6 de outubro de 2013 no Ginásio do Ibirapuera. A história narra as aventuras dos animais de zoológico Alex, Marty, Melman e Gloria na ilha africana, terra do rei Julien. O musical tem direção de Gip Hoppe e foi escrito por Kevin Del Aguila. Além da empolgante música I Like to Move It, há outras canções compostas especialmente para a montagem.
    Saiba mais
  • Conhecida por seu trabalho com manipulação de bonecos e luz negra, a Cia. Imago se une à Orquestra Experimental de Repertório para uma apresentação especial em 12 de outubro de 2013, o Dia das Crianças. Juntos, eles interpretam Carnaval dos Animais, de Camille Saint-Saëns, e Pedro e o Lobo, de Sergei Prokofev, no Teatro Municipal. A regência é de Thiago Tavares e a narração das histórias será feita pelo também maestro Jamil Maluf.
    Saiba mais
  • Como 2013 é um ano sem Bienal de São Paulo, a maneira encontrada para homenagear a história do evento, iniciado em 1951, foi uma grande mostra sobre a trajetória da arte brasileira nessas seis décadas e trinta edições. Ótima ideia, a julgar pela seleção de 30 x bienal, composta de cerca de 250 obras de 111 artistas, reunidas pelo curador Paulo Venancio Filho. A organização do espaço, defnida mais por afnidades estéticas do que pela cronologia, revela-se fuida e convidativa. Ao visitar a área climatizada do pavilhão, no 3º andar, o espectador pode até se surpreender com a quantidade de coisas boas feitas no Brasil no último século. Estão ali Iberê Camargo, Tomie Ohtake, Hélio Oiticica, Amilcar de Castro, Maria Leontina e outros. Há ainda um diálogo formal notável entre as telas de Volpi e os relevos de Sergio Camargo. O modernista German Lorca sobressai na fotografia. Dos trabalhos contemporâneos, destaque para a pintura da década de 80, praticada por Jorge Guinle, Adriana Varejão e os paulistanos do grupo Casa 7. De 21/9/2013 a 8/12/2013.
    Saiba mais
  • De origem humilde, o alagoano Antonio de Dedé tem estabelecido uma carreira bem-sucedida no território naïf. Já participou, por exemplo, de mostras na prestigiosa Fundação Cartier, de Paris, e no Instituto Tomie Ohtake. Agora, ele está em cartaz com uma boa individual composta de 38 esculturas na Galeria Estação, com curadoria de Roberta Saraiva. O talento de Dedé, contudo, transcende o universo primitivo: trata-se de um notável artista contemporâneo. Feitas de madeira pintada (o pai dele era carpinteiro), as peças variam de tamanho, de 50 centímetros a 2 metros de altura, e exibem um surpreendente uso de cores. Várias são verticalizadas, como a divertida Senhora de Idade e as inúmeras versões de São Francisco e São Jorge. Alguns animais, caso de um leão, um touro e um papagaio, ganham contornos de realismo fantástico. Preços não fornecidos. De 13/9/2013 a 31/10/2013.
    Saiba mais
  • Comédia

    Tribos
    VejaSP
    62 avaliações
    Na comédia dramática Vermelho (2012), Antonio Fagundes apresentou o filho Bruno oficialmente ao público. Naquela trama, um consagrado artista plástico e o jovem assistente viviam conflitos, em um inevitável jogo de espelhos. Menos de três meses depois do fim da turnê do espetáculo, a dupla estreou a perturbadora e divertida comédia Tribos, escrita pela inglesa Nina Raine e dirigida por Ulysses Cruz. Está explícito que a energia juvenil de Bruno contaminou o pai a ponto de fazê-lo apostar em uma encenação moderna, com um elenco numeroso e sem protagonismos, capaz de dialogar com diferentes gerações. Billy (papel de Bruno) nasceu surdo em uma família pouco convencional em que todos podem ouvir. Os pais politicamente incorretos (vividos por Fagundes e Eliete Cigaarini) o criaram em um casulo e não se conformam com a dependência dos outros dois filhos (Guilherme Magon e Maíra Dvorek). A situação se desestabiliza de vez quando Billy se apaixona por Silvia (a atriz Arieta Corrêa), uma garota que começa a ensurdecer depois de adulta. Com diálogos afiados e repletos de acidez, o texto é estruturado em nove cenas que abordam a surdez metafórica nas relações pessoais. Como sempre, Fagundes brilha ao aproveitar o histrionismo do personagem, e Bruno mostra potencial na pele do deficiente auditivo em busca de identidade. Sobressai também Guilherme Magon. O ator investe em uma sutil interiorização para fortalecer o irmão deprimido de Billy. Estreou em 14/9/2013. Até 13/12/2015.
    Saiba mais
  • Três perguntas para Marcos Caruso

    Atualizado em: 20.Set.2013

    No ar na novela Joia Raia, o ator dirige o drama Agora, que apresenta o universo dos dependentes químicos e tem entrada franca
    Saiba mais
  • Tudo é diferente na peça Estrada do Sul, criação do Grupo XIX com outros colaboradores inspirada no conto A Autoestrada do Sul, de Julio Cortázar. A começar pela disposição da plateia, que não se senta em poltronas de um teatro, mas no banco de um dos dezoito veículos do cenário. Na trama, um grupo formado por 23 atores mais os espectadores se vê obrigado a conviver devido a um inexplicável congestionamento que para uma rodovia por dias. Preconceitos, medos, disputa pelo poder e pequenos dilemas são compartilhados. Vale dizer que só é possível assistir a um recorte do espetáculo, pois alguns trechos se passam dentro dos carros e apenas quem está acomodado ali acompanha essa parte da história. Trata-se, portanto, de uma experiência diferente e intrigante para cada grupo de passageiros. Estreou em 4/9/2013. Até 1º de dezembro.
    Saiba mais
  • Conheça Coriolano, Muito Barulho por Nada e Solilóquios de Shakespeare
    Saiba mais
  • A atriz Miriam Mehler comemora 55 anos de carreira com o drama em que interpreta oito personagens. O texto de Eric Emmanuel Schmidt narra a história de um paciente de um hospital de apenas 10 anos. Ele conhece a Sra. Rosa, que o incentiva a escrever cartas a Deus. O garoto passa a acreditar que em poucos dias será capaz de viver as emoções de toda uma vida. Estreou em 16/8/2013. Até 28/9/2013.
    Saiba mais
  • De Seattle, na costa oeste americana, saíram nomes como Ray Charles e Jimi Hendrix. Mas a chuvosa cidade ficou mesmo famosa por ter sido o berço do grunge, movimento musical dos anos 90 que deu peso às guitarras. O Alice in Chains está entre os representantes dessa época, assim como Nirvana, Pearl Jam e Soundgarden. Mortes trágicas estão associadas à trajetória de algumas dessas estrelas, caso de Kurt Cobain, do Nirvana, e de Layne Staley, então líder do Alice in Chains, falecido em 5 de abril de 2002, exatos oito anos após Cobain perder a vida. Depois da fatalidade, o grupo decidiu dar um tempo e voltou em 2005 com o novo vocalista, William DuVall. Em 2011, eles fizeram uma apresentação elogiada em Paulínia, cidade do interior de São Paulo que foi palco do extinto festival SWU. Na ocasião, juraram: “Com certeza não vamos demorar nada para voltar”. Dito e feito. DuVall, Mike Inez, Jerry Cantrell e Sean Kinney mostram agora o espetáculo da turnê de The Devil Put Dinosaurs Here, quinto álbum do conjunto, lançado em maio. O som pesado do quarteto foi atração do Rock in Rio na última quinta-feira, uma semana antes do show por aqui. Do disco novo, eles tocam Hollow e Phantom Limb. As antigas Would?, Man in the Box e Rooster estão igualmente garantidas. Dia 26/9/2013.
    Saiba mais
  • Em 2011, Ron Carter fez três shows esgotados no Sesc Pinheiros. No ano passado, foi a vez do Auditório Ibirapuera recebê-lo com lotação máxima em duas noites. A boa notícia é que o admirado contrabaixista americano, membro do quinteto que acompanhou o lendário trompetista americano Miles Davis, retorna à cidade em setembro. Ele se apresenta no Tom Jazz nos dias 24 e 25, sendo que serão dua sessões por dia. Dias 24 e 25/9/2013.
    Saiba mais
  • O diretor sul-africano Neill Blomkamp fez uma estreia vistosa, quatro anos atrás, com a ficção científca Distrito 9. Retoma o gênero em Elysium, mas sem a mesma originalidade e com uma teoria de futuro um bocado ingênua. A ação se passa na Los Angeles de 2154, um lugar onde os pobres sobrevivem de migalhas e, para ganhar uma grana, entram para a criminalidade. Max (Matt Damon) saiu da cadeia, arranjou emprego numa fábrica de robôs e se afastou dos amigos marginais. Contudo, uma mudança radical em sua vida o fará buscar ajuda em Elysium. Trata-se de uma estação espacial cujo maior privilégio dos ricos que lá habitam é ter uma máquina capaz de curar qualquer tipo de doença. Além de procurar o tratamento para si, Max quer salvar a pequena filha de uma amiga de infância (Alice Braga). Para chegar ao destino, o protagonista precisa da colaboração de um hacker dissimulado, interpretado por Wagner Moura. Se Sharlto Copley (a revelação de Distrito 9), no papel de um mercenário, e Moura optam por atuações estridentes, a senadora feita por Jodie Foster cai no estereótipo da manda-chuva gélida. O ritmo da narrativa tem seus tropeços e o visual, às vezes fascinante, ganha torpedos barulhentos para comprovar o poder dos efeitos especiais. Estreou em 20/9/2013.
    Saiba mais
  • Laurent Cantet, diretor francês do ótimo Entre os Muros da Escola, muda de rumo ao filmar nos Estados Unidos (e em inglês) uma adaptação do livro de Joyce Carol Oates. Trata-se de uma história pungente e de fundo feminista sobre uma gangue de garotas criada a partir de um descontentamento geral, na década de 50. Narrada por Maddy (Katie Coseni), a história mostra o surgimento desse grupo de adolescentes rebeldes, liderado por Legs (Raven Adamson). A menina propõe às colegas de escola, quase sempre espezinhadas pelos rapazes ou professores, que seja fundada uma irmandade secreta. Unidas intimamente, acabam por abandonar as famílias e o colégio para morar juntas num casarão decrépito. O objetivo delas converge na vingança contra senhores abusados. Para sobreviver, praticam pequenos roubos usando o poder de sedução. Estreou em 20/9/2013.
    Saiba mais
  • De um lado está Sandra Bullock, uma estrela do primeiro time, vencedora do Oscar de melhor atriz (por Um Sonho Possível). Na outra ponta, aparece a gorducha Melissa McCarthy, projetada em Missão Madrinha de Casamento (2011) e, recentemente, alçada à condição de protagonista de comédias. O embate das duas rende alguns momentos divertidos. Contudo, fica difícil encontrar alguma originalidade na história. Repare na mesmice do enredo: Sandra interpreta Sarah Ashburn, uma agente do FBI que usa terninhos impecáveis e desvenda crimes na base da metódica intuição. Para conquistar uma promoção, ela sai de Nova York para fazer uma investigação em Boston. Lá, precisa contar com a ajuda da esculachada Shannon Mullins (Melissa). Essa policial tem irmãos de caráter duvidoso, jeitão masculinizado e resolve as paradas no braço. A docilidade de uma e a rigidez da outra criam lugares-comuns, incluindo um estereotipado porre num bar. Estreou em 20/9/2013.
    Saiba mais
  • Xico Stockinger (1919-2009) migrou da Áustria para o Brasil com a família na década de 20. Veio criança para cá, tentou a carreira de piloto, mas sua projeção se deu nas artes plásticas. Passou por Rio de Janeiro e São Paulo, radicou-se em Porto Alegre e, nos anos 50, trabalhou como ilustrador e chargista. Autodidata, ele produziu xilogravuras e esculturas. A principal qualidade do documentário é compreender a trajetória de Stockinger a partir de seus longos depoimentos. Além dele, há apenas entrevistas de José Francisco Alves, curador do Museu de Arte do Rio Grande do Sul, e do crítico Paulo Herkenhoff. Outro bom momento do registro está nas imagens que captam a difícil criação de suas obras em bronze. Estreou em 20/9/2013.
    Saiba mais
  • Rush - No Limite da Emoção e Jobs estão entre as produções 'retrô' na programação
    Saiba mais
  • Quem acompanhou o amadurecimento dos personagens Céline e Jesse sabe a importância da trilogia dirigida por Richard Linklater e escrita em parceria com os protagonistas, a francesa Julie Delpy e o americano Ethan Hawke. Eles se conheceram num trem, passaram a noite em Viena e prometeram se reencontrar. Esse é o enredo do primeiro longa-metragem, de 1995. Para saber o destino do casal, o MIS teve uma boa ideia: programou, na sequência, as exibições de Antes do Amanhecer, Antes do Pôr do Sol (2004) e Antes da Meia-Noite (2013), que ocorrem, respectivamente, às 16h, 18h e 19h30, do domingo (29/9/2013).
    Saiba mais
  • À frente da Johann Strauss Orchestra, o popular maestro e violinista holandês André Rieu terá um espetáculo projetado em oito complexos da rede Cinemark. Trata-se de um concerto realizado em junho e julho deste ano na praça de Maastricht, cidade natal de Rieu. As exibições ocorrem na sexta (27/9/2013), às 21h, no sábado (28/9/2013), às 11h, e no domingo (29/9/2013), às 16h. Na semana que vem, haverá reprises nos dias 1º e 3 de outubro, às 19h. Estão previstas sessões nos cinemas dos shoppings Cidade Jardim, Eldorado, Iguatemi, Metrô Santa Cruz, Market Place, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista e Villa-Lobos. Os ingressos custam R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia).
    Saiba mais
  • Em mais um ciclo do projeto Brasil Tela para Todos — Perspectivas Contemporâneas, o Centro Cultural Banco do Brasil leva humor à plateia no domingo (27/4/2013). A pequena mostra Alô, Alô, Comédia reprisa três longas-metragens. Às 16h30, há a melhor pedida, Saneamento Básico, estrelado por um quarteto em sintonia. Na fita gaúcha dirigida por Jorge Furtado, os atores Fernanda Torres, Wagner Moura, Bruno Garcia e Camila Pitanga são amigos numa cidade do interior. Eles conseguem uma verba pública para fazer um filme, quando surge o primeiro problema: nenhum deles tem o menor talento para a carreira artística. Completam o programa Tapete Vermelho, com Matheus Nachtergaele, às 14h, e Elvis & Madona, às 18h30.
    Saiba mais
  • Bateu a fome depois do filme no Cinemark? Confira boas opções na região
    Saiba mais
  • Bem-viver

    Atualizado em: 20.Set.2013

Fonte: VEJA SÃO PAULO