noite

Quadrilha pode estar por trás de furtos em festa no Clube Pinheiros

Ao menos quinze frequentadoras tiveram celulares furtados durante o Baile da Favorita; para delegado, similaridade dos casos indica "ação maior"

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Pelo menos dezenove boletins de ocorrência foram registrados por furtos durante a festa Baile Da Favorita, que ocorreu na última sexta-feira (19) no tradicional Clube Pinheiros, na Zona Oeste. Para o delegado que investiga o caso, os frequentadores da festa podem ter sido alvos de uma quadrilha.

“É muito prematuro dizer que se trata de uma quadrinha, mas devido às similaridades da maioria [dos furtos], pode ser que exista sim uma ação maior”, diz o titular do 15º DP (Itaim),  Valter Sérgio de Abreu.

Das dezenove ocorrências, segundo a delegacia, quinze foram registradas por mulheres que relataram ter perdido aparelhos de iPhone; três se queixaram de perdas de documentos e apenas um homem prestou queixa.

Em uma das páginas dedicadas à festa no Facebook, internautas deixaram posts falando sobre sumiço de pertences. “Celular roubado na Festa da Favorita!!!!!!  Prenderam um cara com alguns celulares. Ao menos 20 meninas estão na mesma situação que eu!", escreveu uma das frequentadoras. "Virou rotina o Baile da Favorita ser o local preferido para furto de Iphone! No ultimo baile foram 5 só de pessoas conhecidas. No de ontem até o momento que fiz minha queixa eram 18", postou outra.

Em nota, a Haute, agência responsável pela balada, afirma que tomou providências, tais como a “colaboração de agentes policiais, juntamente com a segurança reforçada do evento”, que resultaram na “recuperação de celulares furtados”.

“É uma nova atividade criminosa que passou a ser um problema de segurança pública, já que não ocorre em fatos isolados e sim nas principais boates, festas, eventos e festivais de Sao Paulo”, diz o texto.

Festa de funk carioca, o Baile da Favorita ocorreu pela primeira vez no clube, após ter passado pela Vila dos Ipês e a quadra da escola de samba Rosas de Ouro. Os funkeiros Buchecha e MC Sapão estavam entre as atrações. Os ingressos custavam entre R$ 100,00 e R$ 120,00.

Segundo o delegado, tanto a agência quanto o Clube Pinheiros já foram convocados para prestar esclarecimentos sobre o evento.

Valter Sérgio de Abreu alerta que “por mais sensação de segurança que o ambiente possa ter, é preciso ter cuidado com os pertences”. O delegado cita alguma dicas que devem ser seguidas pelos frequentadores de clubes na cidade:

 

  • Não deixar celular ou carteira em mesas para reservar o lugar
  • Manter sempre bolsas e outros pertences em local visível
  • Não deixar celular em cima do balcão enquanto faz pedidos
  • Fazer boletim de ocorrência (pela internet ou pessoalmente) sempre que for vítima de furto

Fonte: VEJA SÃO PAULO