Bichos

Público irá batizar novas girafas do zoológico

Para celebrar os novos animaizinhos recém-chegados da África, Zoológico de São Paulo irá receber sugestão de nomes

Por: Helena Galante - Atualizado em

Até o mês passado, quem visitava o espaço reservado às girafas no Zoológico de São Paulo deparava apenas com o casal Sapeca e Zagalo. O cenário mudou após a chegada de três filhotes trazidos da África do Sul. Com 1 ano e meio, eles já têm 2,5 metros de altura – podem viver 25 anos e mais que dobrar de tamanho, atingindo 5,5 metros – e estão em fase de adaptação. Em comemoração à vinda dos novos moradores, o parque está organizando uma eleição para escolher o nome das girafinhas. Quem for ao zôo até o dia 2 de março pode votar entre quatro opções para cada animal. Na contagem realizada até agora, Gigi e Salomé são os mais cotados para as fêmeas e Salomão para o macho. "Apesar de passarmos por momentos complicados há alguns anos, estamos numa boa fase", afirma o diretor administrativo Antônio Carlos de Carvalho Filho, referindo-se ao episódio da morte misteriosa de 73 bichos em 2004, caso que ainda está sendo investigado pela Polícia Federal. "A vinda dos novos animais demonstra a confiança que outros países depositam no zoológico."

A chegada das girafinhas é parte dos preparativos para as comemorações do cinqüentenário do zôo, inaugurado em 16 de março de 1958. Antes dessa data, os paulistanos podiam ver bichos em coleções públicas, como no Parque da Luz, e particulares, na Vila Maria, na Granja Julieta e na Aclimação. Vêm mais novidades por aí. O espaço destinado aos orangotangos está sendo reformado para receber quatro desses primatas importados de Portugal, da Espanha e da Itália. A cidade não contava com exemplares desse espécime havia quatro anos. Além de trazer mais atrações, o zôo pretende criar um selo comemorativo dos seus cinqüenta anos, comprar carros elétricos (considerados ecologicamente corretos) para a locomoção dos funcionários e inaugurar um recinto para anfíbios, entre outras iniciativas. Programas de sucesso como os passeios noturnos, que começaram em 2003, e o show dos leões-marinhos, em cartaz desde 2001, de sexta a domingo, às 11h e às 14h, continuam por lá.

• Zoológico, Avenida Miguel Stéfano, 4241, Água Funda, 5073-0811. 9h/17h (ter. a dom.). R$ 3,00 (crianças entre 7 e 12 anos) e R$ 12,00. Grátis para menores de 7 anos e pessoas com mais de 60. Serviço de microônibus no terminal do Metrô Jabaquara, ida e volta; ter. a dom., 8h30/15h, inclui a entrada: R$ 6,30 (crianças de 7 a 12 anos) e R$ 15,30. Grátis para menores de 7 anos e pessoas com mais de 60. Visitas noturnas em duas sextas-feiras do mês, 19h/22h30 (R$ 40,00, crianças de 5 a 10 anos, e R$ 60,00). Agendamento pelo ramal 2127. www.zoologico.sp.gov.br.

Fonte: VEJA SÃO PAULO