POLÍTICA

PSDB adia prévias para escolher candidato à prefeitura

Andrea Matarazzo, autor do pedido de adiamento, diz que seu adversário, João Doria, comprou votos 

Por: Estadão Conteúdo

Doria - MAtarazzo
O empresário João Doria e o vereador Andrea Matarazzo: disputa no PSDB (Foto: VEJASP)

Após uma reunião que durou cerca de 30 minutos, a executiva municipal do PSDB decidiu na noite desta quarta-feira,, 16, adiar as prévias do partido que definirão o candidato da sigla na capital para o dia 30 de abril. A mudança da data do pleito interno, que estava marcada para o próximo domingo, 20, foi aprovada por 6 votos a 5.

+ Paralisação de motoristas passageiros em São Paulo

O pedido de adiamento foi feito pelo vereador Andrea Matarazzo, que acusa seu adversário, o empresário João Doria, de compra de votos e abuso do poder econômico. Doria nega ter cometido irregularidades. 

Andrea argumenta que não é "legítimo" realizar a votação enquanto o partido não julgar o pedido de impugnação de Doria. Pelo trâmite definido, a decisão sobre o pedido ocorreria depois do dia 20, quando ocorreria o 1º turno.

+ Confira as últimas notícias

O diretório estadual, que é controlado aliados do governador Geraldo Alckmin, que apoia Doria, pode revogar a decisão nesta quinta (17).

Após a reunião, Matarazzo deixou no ar a possibilidade de sair do PSDB e disputar a eleição pelo PSD. "Cada dia a sua agonia", afirmou.

Fonte: VEJA SÃO PAULO