Cidade

Protesto na USP pede libertação de estudante preso

Manifestantes fecham a entrada da Cidade Universitária na manhã desta quinta-feira (26); outro ato acontece às 17 horas no Masp

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM

Protesto USP
Manifestantes bloqueiam a Rua Alvarenga em São Paulo na manhã desta quinta-feira (26) (Foto: Alex Falcão/Futura Press/Folhapress)

Um protesto na manhã desta quinta-feira (26) em frente à Universidade de São Paulo (USP) pede a libertação do estudante Fábio Hideki Harano, de 26 anos, preso durante uma manifestação na região da Avenida Paulista no último dia 23. Cerca de 100 pessoas fecham o acesso à Cidade Universitária na Avenida Afrânio Peixoto, no Butantã. 

+ Homem saca arma na Avenida Paulista

Hideki também é funcionário da instituição. Na mesma manifestação, também foi detido o professor de inglês Rafael Lusvarghi, de 29 anos. Ambos foram indiciados por associação criminosa, porte ilegal de arma, incitação à violência e desobediência.

Mais tarde, às 17 horas, o grupo Não Vai Ter Copa - o mesmo que promoveu a manifestação em que Lusvarghi e Harano foram detidos - fará um ato no vão do Masp também pedindo o relaxamento da prisão da dupla.

Manifestantes divulgaram nas redes sociais os vídeos das prisões. Confira:

Rafael Lusvarghi

Fábio Hideki Harano

 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO