Política

Pronunciamento de Dilma sobre zika gera panelaço na capital

Presidente não aparecia na TV desde agosto do ano passado; bairros como Perdizes, Mooca, Aclimação e Jardins se manifestaram contra a presidente

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

panelaço
Moradora de Perdizes, na Zona Oeste, bate panela contra Dilma Rousseff (PT) nesta quarta (3) (Foto: Folhapress)

O pronunciamento da presidente Dilma Rousseff (PT) sobre uma questão de saúde pública - a epidemia de zika e microcefalia no Brasil - gerou um panelaço em bairros como Perdizes, Mooca, Tatuapé, Higienópolis, Paraíso, Pinheiros, Aclimação e Jardins. Outras cidades do Brasil, como Rio e Santa Catarina, também fizeram manifestação. 

panelaço
No mesmo prédio em Perdizes, um vizinho bate panelas enquanto outro mostra apoio ao PT (Foto: Folhapress)

Dilma foi à TV falar o aumento do número de casos de microcefalia e a ligação com o vírus zika - decretado "emergência mundial" pela OMS. Logo no início da aparição, avisou que não falaria sobre política ou economia, e sim sobre saúde. "Uma luta urgente que temos que travar em defesa das nossas famílias e que deve unir todos nós", disse. 

+ Primeiro caso de zika transmitido sexualmente é registrado

A última aparição de Dilma na TV havia sido na propaganda do PT em agosto do ano passado. Sozinha, ela não falava em rede nacional há quase um ano, desde março de 2015, no Dia da Mulher. Em ambos os casos, houve panelaço.

+ Tudo que você precisa saber sobre o vírus zika e a microcefalia

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO