Comportamento

Promessas de ano novo: dicas infalíveis para cumpri-las

Falamos com especialistas em diversas áreas sobre como praticar uma atividade física, economizar dinheiro, arrumar um namorado e, é claro, emagrecer

Por: Carolina Romanini

Ano Novo - Promessas - Emagrecer - Corrida - Thinkstock
(Foto: Ilustração/Thinkstock)

O ano chegou ao fim, o mundo não acabou e você está mais uma vez diante de uma extensa lista de desejos para 2013: emagrecer, ganhar dinheiro, deixar o emprego que te enlouquece, ‘desencalhar’...

O neurocirurgião Fernando Campos Gomes Pinto, do Hospital das Clínicas, dá a dica para você dar o primeiro passo rumo à realização dos seus sonhos: "Seja qual for a sua promessa, trace um planejamento concreto: coloque os desejos no papel e deixe as anotações em um local visível para você ler sempre", diz o médico. "Assim, você não se esquecerá do que prometeu e conseguirá acompanhar a evolução dos seus planos".

Levamos as cinco principais promessas de ano novo feitas pelos brasileiros aos especialistas de cada área e reunimos dicas que vão te ajudar a levar os planos adiante. Veja a seguir como em 2013 tudo pode ser diferente.

FAZER UMA ATIVIDADE FÍSICA - por Junior Crocco, líder de novos negócios da Body Systems Latin America e Luciano D´Elia, criador do Core 360º e diretor de pesquisa e desenvolvimento da Pretorium

1. Trace metas reais: se o objetivo final é emagrecer 15 quilos, divida-os em 5 metas de 3 quilos. Assim será mais fácil atingir suas expectativas e o caminho até o resultado com certeza será menos sofrido.

2. Comprometa-se com uma atividade por, no mínimo, seis meses: antes disso, você dificilmente verá uma grande diferença no corpo.

3. Tente incluir a prática de um esporte na sua rotina: os esportes costumam ser mais prazerosos e motivam as pessoas a seguir adiante. Seja jogar futebol, jogar tênis, andar de bicicleta, transforme o esporte num hobby.

5. Faça atividades em grupo ou convide um amigo para começar com você: pessoas com um objetivo comum costumam se unir e servir de incentivo umas às outras.

6. Envolva-se verdadeiramente com a atividade física: busque informações sobre o assunto, leia sites especializados, troque conhecimentos com quem pratica. Você aprenderá a fazer melhores escolhas e criará laços mais profundos com o exercício.

 

JUNTAR/ECONOMIZAR DINHEIRO - por Mauro Calil, fundador da Academia do Dinheiro

1. Aprenda que enriquecer não tem segredo: se você conseguir guardar R$ 1,00 hoje, já terá mais dinheiro aplicado do que ontem. Com esse raciocínio, juntar dinheiro fica mais fácil e o lucro virá a cada R$ 10,00 economizados.

2. Controle os seus gastos: para ajudar, baixe planilhas de controle financeiro no computador ou no celular. Elas vão te ajudar a controlar gastos, investimentos, além de te mostrar a evolução do seu patrimônio.

3. Estabeleça uma meta a longo prazo: construir um bom patrimônio ou conquistar uma poupança gorda não é algo alcançável em curto prazo. “Um time não ganha campeonato jogando apenas um jogo”, lembra o especialista. Entenda que planos financeiros são feitos passo a passo e os resultados mais gordos só aparecem depois de um bom tempo.

4. Mantenha-se atualizado: estude, faça cursos, busque um conselheiro financeiro. Isso vai ajuda a se planejar e indicará os melhores caminhos para investir o seu dinheiro.

 

ARRUMAR UM NAMORADO - por Claudio Gandelman, presidente do ParPerfeito

1. Esteja aberto às oportunidades: isto é, aceite um convite dos amigos para sair mesmo quando estiver sem vontade e drible o mau humor e o estresse sempre que tiver um evento especial. “A dica é simples: dê uma chance ao azar”, brinca Gandelman.

2. Permita-se conhecer pessoas em toda e qualquer ocasião: afinal, você nunca sabe onde o amor está. Pode ser na praia, no trabalho, na academia... Ou você não conhece histórias malucas de pessoas que se conheceram nas situações mais engraçadas?

3. Dê uma chance à internet: porque não? Nos Estados Unidos, 1 entre 5 casamentos é resultado de um casal que se  conheceu na internet. “Em janeiro, o nosso número de usuários costuma crescer entre 20% e 23%. O número representa justamente as pessoas que começam o ano com o objetivo de encontrar alguém especial”, lembra o especialista.

4. Seja tolerante: um dos motivos que fazem as pessoas desistir de um relacionamento logo no início é a intolerância aos defeitos do outro. Permita-se conhecer a pessoa melhor antes de determinar que ela não é pra você, afinal, ninguém é perfeito.

 

ARRUMAR/TROCAR DE EMPREGO - por Roberto Picino, diretor executivo da Page Personnel

1. Faça um exercício de autoconhecimento: busque saber exatamente o que você quer para sua carreira. Muitas vezes, trocar de trabalho não é a única solução, você pode buscar um reposicionamento de área dentro da própria empresa ou alçar voos mais altos como uma promoção de cargo.

2. Peça um feedback ao seu gestor: de uma maneira leve e informal, tente levantar dessa conversa suas principais qualidades e falhas dentro do trabalho. Faça uma avaliação geral do seu desempenho antes de seguir adiante pedindo um aumento.

3. Elabore um bom currículo e reveja a sua trajetória profissional: avalie os pontos altos e baixos da sua carreira e como você agiu nesses momentos. Vai te ajudar no exercício de autoconhecimento, além de indicar um possível caminho para o seu futuro através do que você lembra ter feito com mais ou menos prazer.

4. Se a solução é mesmo ir em busca de um novo emprego, prepare o seu networking: entre em contato com pessoas interessantes, busque consultorias especializadas na sua área e deixe o seu perfil sempre atualizado em redes sociais profissionais.

5. Levante os nomes das empresas em que você gostaria de trabalhar: busque os contatos das pessoas no setor de recursos humanos. Se você tiver conhecidos que trabalham na empresa, informe-os sobre os seus interesses.

 

EMAGRECER - por Rafael Pergher, médico endocrinologista do Hospital de Clínicas e do Instituto Abathon

1. Antes de pensar na dieta, pense na saúde: faça uma avaliação médica para avaliar os níveis de colesterol, glicemia e tireoide, que têm relação direta com o sobrepeso.

2. Busque a ajuda de um profissional: seja ele um endocrinologista ou um nutricionista, além de te ajudar a montar uma dieta e um plano de emagrecimento adequado, ele fará um acompanhamento detalhado da sua evolução.

3. Para mudar os seus hábitos de alimentação: faça uma listinha dos alimentos mais calóricos que você consome e tente substituí-los por opções mais saudáveis, como frutas, frutas secas e barrinhas de cereais.

4. Inclua uma atividade física na sua rotina: busque algo que lhe dê prazer e esteja de acordo com a sua disponibilidade (veja mais dicas acima em "Fazer uma atividade física").

5. Fuja dos micos de comprar uma esteira ou qualquer outro aparelho para usar em casa: “Eles nunca funcionam por um único motivo: se você ainda não faz atividade física, é porque não gosta, e começar sozinho em casa é sempre mais difícil", lembra o médico.

6. Baixe um aplicativo para dieta no celular: eles ajudam a elaborar uma lista do que você consome no dia a dia e dão sugestões de alimentos menos calóricos e mais saudáveis para acrescentar na dieta.

Fonte: VEJA SÃO PAULO