novidades

Bons programas para fazer no feriadão

Selecionamos bares, restaurantes e baladas recém-abertas na cidade. Estão na lista também musicais, filmes e outros espetáculos que acabaram de estrear

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Vai ficar em São Paulo no feriado de Corpus Christi? Aproveite os dias de folga para conhecer o que há de mais novo na cidade. Na rota gastronômica estão entre as opções o empório mais badalado do momento, o Eataly, e o restaurante italiano Jamie´s Italian, do chef celebridade Jamie Oliver.

+ Confira nossa página especial de festas juninas

As festas juninas começam a pipocar na capital. Uma das mais tradicionais, a da Portuguesa, promove shows de duplas sertanejas. Nas ruas do Brás, a Festa de São Vito oferece quitutes italianos a bom preço. Programe-se (de preferência compre antes seu ingresso) para os musicais em cartaz, entre eles Nine e Chaplin.

Com entrada gratuita, o Music Video Festival agita o MIS no fim de semana com shows de Barbara Ohana e Rico Dalasam. Para esticar a noite são boa pedida o Frank Bar, point de ótimos drinques, e a balada PanAm, ambos localizados no tradicional hotel Maksoud Plaza. 

Confira novos lugares e atrações para curtir a partir desta quinta (4):

  • A 98ª edição da tradicional festa italiana começa no sábado (21/5). Em um espaço fechado, as “mammas” voluntárias preparam iguarias típicas, como a guimirella (churrasco de fígado e folhas de louro) e a ficazzella (pastel frito com tomate, mussarela e orégano). Quem preferir poderá adquirir o convite VIP, no valor de 70 reais, aos sábados. Ele dá direito a três pratos: antepasto, macarrão espaguete e ficazzella, servidos na mesa reservada e numerada que o convidado adquire no pacote, antes da festa ou na porta. O convite dos domingos sai por 40 reais. Vale um prato de macarrão espaguete e o assento reservado. Como as mesas são limitadas, o interessado deve fazer a reserva do convite antecipadamente por telefone. Após comprovado o pagamento, ele fica disponível para retirada na Associação São Vito.  Além da cantina, o público também pode optar por ficar na praça de alimentação e curtir os shows que rolam no palco pelo ingresso de 5 reais. O evento beneficente é a principal fonte de recursos da Creche de São Vito. De 21/5/2016 a 3/7/2016. Cantina. Rua Fernandes Silva, 96, Brás, tel. 3227-8234. Sábado, 19h à 0h30; domingo, 19h às 23h. R$ 70,00 (sábado) e R$ 40,00 (domingo). Praça de alimentação. Rua Polignano A Mare, 255, Brás, tel. 3227-8234. Sábado, 19h às 0h30; domingo, 19h às 23h. R$ 5,00 (couvert artístico); grátis para crianças de até 5 anos.  Mais informações: www.associacaosaovito.com.br
    Saiba mais
  • Atração das antigas e conhecido das pistas, o trio inglês expert em trance retorna à cidade. Suas faixas são sempre lembradas por outros craques, como Tiësto e Armin van Buuren. Dia 3/6/2015.
    Saiba mais
  • Pouco presentes nos museus paulistanos, os artistas africanos têm despertado atenção no cenário internacional. Na última Bienal de Veneza, por exemplo, o ganense El Anatsui, de 70 anos, ganhou o Leão de Ouro pelo conjunto da obra. Africa Africans reúne no Museu Afro Brasil alguns dos nomes mais proeminentes do continente. Uma dourada peça de El Anatsui lembra um luxuoso manto, cujas bordas estão carcomidas, revelando sinais do tempo. De perto, vê-se que a composição é feita de tampinhas de garrafa. Trata-se de um dos 100 itens de vinte artistas que vivem ou nasceram na região. A imigração, aliás, é tema da instalação do britânico de origem nigeriana Yinka Shonibare, que montou uma bela biblioteca ocupada por 6225 livros encapados com tecidos coloridos. No mesmo ambiente, o visitante confere relatos comoventes em vídeo de viajantes que atravessaram o Mediterrâneo para tentar uma vida nova na Europa. Apesar de abordarem temas duros, as obras destacam-se pela beleza estética. Mesmo a falta de contextualização não compromete a oportunidade de contemplar trabalhos de forte impacto visual. De 25/5/2015. Até 30/8/2015.
    Saiba mais
  • A mostra de arquitetura, design e decoração chega à 29ª edição com 76 ambientes de jovens talentos e profissionais renomados como Roberto Riscala e Dado Castello Branco. Três temas guiam a Casa Cor deste ano: compartilhamento, o conceito de “menos é melhor” e a brasilidade, encontrada na abundância da cor verde e nos materiais e mobiliários nacionais das instalações. Há algum tempo na pauta da mostra, a questão da sustentabilidade aparece novamente, com iluminação totalmente de LED e reaproveitamento de recursos. De 26/5 a 12/7/2015.
    Saiba mais
  • Aqui está um espetáculo capaz de despertar o interesse de amplas plateias. O musical de Christopher Curtis e Thomas Meehan ganha versão brasileira de Miguel Falabella e direção cênica de Mariano Detry que emociona cinéfilos, crianças ou adultos e pode fazer até os detratores das superproduções do gênero aplaudirem de pé. Reconhecido como bailarino e cantor, Jarbas Homem de Mello alcança a superação como ator na caracterização de um dos maiores gênios das telas, o inglês Charles Chaplin (1889-1977). O espetáculo percorre sua carreira desde a infância pobre em Londres até a consagração com filmes como O Grande Ditador e Tempos Modernos e oferece uma leitura psicológica do artista que explica o caráter dúbio ou atitudes pouco éticas. Essa dramaticidade cênica se sobrepõe aos bons números musicais e não deixa a montagem limitada às cantorias ou coreografias. Marcello Antony representa Sidney, o irmão e futuro agente do protagonista, enquanto Naíma e Paula Capovilla se destacam respectivamente como a mãe, Hannah Chaplin, e a jornalista Hedda Hooper. Giulia Nadruz, Paulo Goulart Filho e Leandro Luna integram o elenco de 21 atores. Estreou em 14/5/2015. Até 18/10/2015.
    Saiba mais
  • Empórios ou mercados gourmet

    Eataly São Paulo

    Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3279 3300

    VejaSP
    12 avaliações

    São 4 500 metros quadrados divididos em três andares e, mesmo com todo esse espaço, há dias em que o Eataly fica parecendo um formigueiro de tanta gente. Isso não acontece por acaso: o shopping gastronômico, com matriz na Itália, tem, entre outros predicados, um estoque de 7 000 produtos, muitos deles difíceis de encontrar por aí. É o caso da farinha de sêmola tipo 00 Clássica Caputo (29,95 o pacote de 1 quilo) e da calda de caramelo Fabbri (R$ 60,99, com 950 gramas). Na seção dedicada aos laticínios, há uma ótima mussarela de búfala de produção própria (R$ 94,20 o quilo da versão grande). Outros setores abrigam frutas, verduras, temperos, massas, vinhos, carnes e pescados, utensílios...Há quem vá só para comer: o endereço também reúne treze pontos de alimentação, entre restaurantes, docerias e cafés.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    El Cordobés

    Avenida das Carinas, 592, Moema

    7 avaliações
  • A carreira de Melissa McCarthy começou na TV no fim da década de 90. Ficou famosa, porém, pelo seriado Gilmore Girls (2000-2007) e roubou a cena no cinema em Missão Madrinha de Casamento. A Espiã que Sabia de Menos é a sua maior e melhor chance de virar estrela do primeiro time. Embora os galãs Jude Law e Jason Statham estejam no elenco, a comédia fica voltada para a graça, o talento e as gordurinhas extras de Melissa. Ela interpreta Susan Cooper, uma analista da CIA que, expert em computador, ajuda os colegas em missões pelo mundo. Quando um agente (Jude Law), por quem ela era apaixonada, morre em serviço, Susan se precipita em tomar o lugar dele. A princípio, a chefe (Allison Janney) acha a ideia estranha, mas acaba aceitando. Susan, então, vira uma dona de casa caretona para, disfarçada, descobrir quem matou seu amado e encontrar uma ogiva nuclear. O roteiro está centrado em transformar Melissa em um James Bond de saia e não poupa nem mesmo sua forma roliça para fazer piadas. Para uma trama de humor, o longa-metragem tem duração em excesso, mas a protagonista, com seu jeito bonachão de tiazona, segura as pontas. Estreou em 4/6/2015.
    Saiba mais
  • Para comemorar os 100 anos da criação de sua emblemática garrafa, a Coca-Cola organizou uma exposição que reúne obras nas quais o famoso símbolo aparece. Muitas delas foram criadas como peças de propaganda por artistas renomados. Entre os dias 4 e 7 de junho, fica em cartaz no Parque Villa-Lobos, em um espaço especialmente construído para a mostra, a Exposição da Garrafa de Coca-Cola: Inspirando a Cultura Pop há 100 Anos, com trabalhos de nomes como os americanos Andy Warhol e Norman Rockwell. O evento ainda traz atrações interativas e multissensoriais. Ali o visitante irá descobrir que os designers por trás do projeto queriam criar uma garrafa que pudesse ser reconhecida apenas com o toque e até mesmo estilhaçada no chão. De 4/6 a 7/6.
    Saiba mais
  • Além das comidinhas típicas das tradicionais festas juninas, os bolinhos de bacalhau e os pastéis de santa clara deixam a celebração mais lusitana. A festança conta também com atrações musicais ao vivo, como o primeiro encontro de Marcos & Belutti e o cantor Wesley Safadão no palco, depois da gravação do hit  Aquele 1%, no dia 05/06. A revelação do sertanejo feminino fica por conta da dupla Simone e Simaria. O ritmo do interior é mesclado com a presença dos pagodeiros da Turma do Pagode (12/06), Mumuzinho e Bom Gosto (18/06). Para quem gosta de funk, Ludmilla (25/06) e Anitta (11/06) prometem agitar a programação. Os ingressos custam a partir de 70 reais. Até 26/06/2016.
    Saiba mais
  • Drinques

    Frank

    Alameda Campinas, 150, Bela Vista

    Tel: (11) 3145 8000

    VejaSP
    2 avaliações

    Para chegar à excelência do que mata a sede — etílica — da clientela, o barman Spencer Amereno Jr. trabalha como se fosse um chef de cozinha. Seleciona os melhores produtos e pensa com carinho na apresentação das criações e releituras de clássicos. À sua disposição, ele tem a estrutura da cozinha do Hotel Maksoud Plaza, onde fica o bar. Uma bartender-cozinheira o assiste no preparo de infusões, sucos e tinturas enquanto outro auxiliar o ajuda a esculpir o gelo, peça fundamental na coquetelaria. O resultado é encontrado no copo em delícias como o the crusher (R$ 33,00, o preço de todos os drinques), que junta brandye rum envelhecidos, vermute tinto e pimenta-da-jamaica. E esse é só um dos muitos componentes do banquete que se tem por lá. Líquido, no caso.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

     

    Saiba mais
  • Entre 2008 e 2010, a atriz e produtora Denise Fraga fez sucesso à frente de A Alma Boa de Setsuan. Agora, ela visita de forma bem-sucedida outra marcante comédia de Bertolt Brecht (1898-1956). Na trama, ambientada na Itália do século XVII, o cientista Galileu (interpretado pela própria Denise, sem se preocupar em carregar nos trejeitos ou na caracterização masculina) defende a ideia de que o Sol é o centro do universo e a Terra gira em torno dele. Não tarda a enfrentar a oposição da Igreja e a perseguição daqueles que não aceitam suas ideias e posicionamentos contestatórios. O alto preço pela ousadia chega, e Galileu é obrigado a recuar para não trair seus princípios e ser derrotado. Carismática e popular, Denise tem um raro talento: oferece ao público, através de seus espetáculos, mensagens sociais disfarçadas de mera diversão e promove uma oportuna reflexão a quem estiver disposto a decifrar as entrelinhas. A diretora Cibele Forjaz, sempre criativa, busca apoio no teatro de revista e politico, trazendo à tona polêmicas ligadas à nossa realidade, como os recentes panelaços contra o governo federal. A duração de quase duas horas e meia é um tanto exagerada e, por vezes, apresenta cenas bastante arrastadas. Com Ary França, Daniel Warren, Lucia Romano, Luís Mármora, Jackie Obrigon, Vanderlei Bernardino e outros. Estreou em 15/5/2015. Até 15/10/2016.
    Saiba mais
  • Italianos / Cantina / Trattoria

    Jamie’s Italian

    Avenida Horácio Lafer, 61, Itaim Bibi

    Tel: (11) 2365 1309

    VejaSP
    14 avaliações

    Conhecido pela defesa de uma alimentação mais natural e variada, o chef inglês Jamie Oliver causou alvoroço ao vir para o Brasil para fazer campanha para uma grande indústria. Até agora imune a polêmicas, seu restaurante não mudou — nem em relação aos fornecedores nem quanto ao sucesso de público. No espaguete alla norma (R$ 19,00 a porção pequena; R$ 29,00 a inteira), a quantidade de pimenta dedo-de-moça no molho de tomate com berinjela é bem tímida. Mas os sabores ficam mais potentes no linguine com camarão e rúcula (R$ 45,00 e R$ 69,00), no tagliatelle à bolonhesa (R$ 30,00 e R$ 42,00), um dos melhores pratos do menu, e na porção de cogumelos assados com mussarela defumada e tomilho (R$ 39,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • A maior exposição do país dedicada ao pintor reúne 112 obras, sendo 41 telas, todas marcadas por suas inconfundíveis linhas surrealistas. Por ser organizada em ordem cronológica, a montagem possibilita observar como as pinceladas pretas se tornaram mais grossas e as cores primárias, além do verde, passaram a dominar a cena, sem perder, no entanto, a espontaneidade do traço e a intrigante beleza. Pássaros, mulheres e constelações foram temas comuns ao longo de um processo que tendeu à desconstrução das imagens. Preocupado em inovar e surpreender, Miró (1893-1983) pintou sobre restos de madeira, papelão e até por cima de embalagens de sapato. Chegou a fazer intervenções nas próprias obras: duas telas de paisagens clássicas acabaram sendo revisitadas anos depois. A cabeça de um boneco e outros objetos serviram de matéria-prima para as 22 esculturas em cartaz, tão fascinantes quanto os quadros. De 24/5/2015. Até 23/8/2015. + Oito coisas que você não sabia sobre Joan Miró
    Saiba mais
  • Uma das mais importantes plataformas de divulgação da produção audiovisual brasileira e internacional na cidade, o Music Video Festival (o m-v-f), evento promovido anualmente pelo Museu da Imagem e do Som, chega à terceira edição. A programação deste ano é um prato cheio para os apaixonados por videoclipes. Ao longo de dois dias, o MIS recebe debates relacionados ao tema, instalações, pocket shows e a premiação dos melhores vídeos selecionados para o festival. Entre as apresentações, vale ver, no sábado (6), o paraense Jaloo (16h), músico que une graves eletrônicos ao tecnobrega, o indie pop da carioca Barbara Ohana, sobrinha da atriz Cláudia Ohana (17h30), e o rapper sensação Rico Dalasam (19h). Thiago Pethit, que lançou no ano passado o terceiro disco de estúdio, Rock‘n’Roll Sugar Darling, é o último a subir ao palco no domingo (7), às 20h30. No fm de semana fcam expostos no espaço uma instalação interativa do clipe de Stonemilker, de Björk, que fez parte da mostra sobre a islandesa que passou neste ano pelo MoMA, em Nova York, e outra com o processo de criação de três vídeos lançados recentemente pela cantora australiana Sia: Chandelier, Elastic Heart e Big Girls Cry. Dias 6 e 7/6/2015.
    Saiba mais
  • O ano de 2015 tem sido prodigioso para os musicais. Pelo menos cinco outros expoentes – desde as biografias de Chacrinha, Chaplin e Cássia Eller até chegar a Mudança de Hábito e ao satírico Urinal – fazem a alegria dos paulistanos, tão afeitos ao gênero. Sob o comando dos diretores Charles Möeller e Claudio Botelho, o espetáculo de Maury Yeston e Arthur Kopit vem juntar-se a eles e torna-se um ótimo pretexto para visitar o recém–inaugurado Teatro Porto Seguro, nos Campos Elíseos. Livremente inspirado no filme 8 e 1/2, de Federico Fellini, o original, lançado em 1982, chegou aos cinemas em 2009 e ganha uma luxuosa versão brasileira. O egocêntrico cineasta Guido Contini (interpretado por Nicola Lama) atravessa uma maré baixa, depois de três fracassos consecutivos, e enfrenta a maior crise criativa de sua carreira às vésperas da entrega de um roteiro já prometido. Para completar, as muitas mulheres que o rodeiam não dão a menor trégua. Lama tem charme, empatia e percorre um caminho do desequilíbrio psicológico que o faz se sair muito bem na pele de Contini. O destaque, no entanto, fica com o elenco feminino. Se Totia Meireles e Malu Rodrigues confirmam o talento e o carisma como, respectivamente, a produtora intransigente e a amante libidinosa, Carol Castro surpreende pela dramaticidade empregada à esposa um tanto exausta. Em meio ainda a Beatriz Segall, Leticia Birkheuer e Karen Junqueira, um nome desponta e merece atenção: Trata-se da jovem Myra Ruiz, a prostituta Saraghina, que comanda o melhor número da montagem e encerra o primeiro ato. Estreou em 23/5/2015. Até 9/8/2015. + Leia entrevista com o diretor Claudio Botelho.
    Saiba mais
  • Eletrônica

    PanAm

    Alameda Campinas, 150, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3111 6359

    Sem avaliação

    Com uma bela vista da capital, o topo do hotel Maksoud Plaza, ícone do luxo dos anos 80, está aberto aos baladeiros. Desde janeiro, o local sedia o PanAm, clube temporário inspirado na antiga companhia aérea americana, que vem reunindo moderninhos no 22º andar do prédio. O clima de aeroporto se dá logo na entrada, com caixas de som que reproduzem o barulho de turbinas de avião e luzes de LED azuis que guiam o público para a pista. O heliponto, um dos espaços mais concorridos, faz às vezes de fumódromo. Sem dia nem horário fixo, as festas priorizam pop e eletrônico alternativo.

    Saiba mais
  • Pelo oitavo ano, a companhia estadual promove sua temporada no Teatro Sérgio Cardoso. A seleção de montagens costuma ganhar o público pela qualidade técnica e pela mistura de dança contemporânea e clássica. A primeira parte da programação começa na quinta (4/6) e se estende até domingo (7/6). Trata-se de um combinado de três peças do coreógrafo checo Jirí Kylián, uma delas em versão estreante. Abre a noite a inédita Indigo Rose, de movimentação rápida, que faz alusão à busca pela perfeição. Em seguida, Petite Mort usa floretes como artifício cênico e é impulsionada pela iminência da morte. Fecha a sessão Sechs Tänze, sátira das tradições do século XVIII. Treze bailarinos vestindo figurinos rococós interpretam, ao som de Mozart, números repletos de humor. Entre as coreografias, será transmitido um trecho em vídeo de Birth-Day, montagem do mesmo artista, em que dois foliões se encontram para preparar um bolo de aniversário. A temporada dura até o fim de junho, com a exibição, entre outras, da inédita Litoral, de Mauricio Wainrot, e da clássica La Sylphide. Dias 4, 5, 6 e 7/6/2015.
    Saiba mais
  • Desde 2007, o espetáculo de patinação Disney on Ice tem feito temporadas na cidade. É a chance de a garotada ver de pertinho figuras conhecidíssimas dos desenhos deslizando no gelo. Desta vez, um elenco de 41 artistas dá vida a mais de cinquenta personagens em um apanhado das principais animações, desde Branca de Neve e os Sete Anões, de 1937, até Enrolados, lançado em 2011. Inédito, o episódio “Tesouros da Disney” acompanha Mickey, Minnie, Pato Donald e Pateta nessa aventura pelos clássicos. A cada esquete, um filme do longo portfólio do estúdio é apresentado. Para lembrar Peter Pan, o protagonista e Sininho encorajam a criançada a repetir o tique-taque do crocodilo faminto. Do longa A Pequena Sereia, o caranguejo Sebastião convida todos para dançar ao ritmo da clássica canção Aqui no Mar. Em todas as sessões, quatro crianças sortudas serão escolhidas pela produção do evento, no início do show, para andar num trenó em formato de xícara de chá na cena de Alice no País das Maravilhas.  Dias 28, 29, 30, 31/5/2015 e 4, 5, 6 e 7/6/2015.
    Saiba mais
  • Parques

    Borboletário Águias da Serra

    Estrada da Ponte Alta, 4300, Engenheiro Marsilac

    Tel: (11) 5660 6102

    VejaSP
    3 avaliações

    Longe de todo o agito da metrópole, este interessante estabelecimento fica escondido no afastado bairro Engenheiro Marsilac, no extremo da Zona Sul, a 50 quilômetros do centro da capital. A viagem é longa, cerca de uma hora e meia, mas compensa muito ver o que está do lado de dentro. Aberto em março, o Borboletário Águias da Serra é um tipo de zoológico especializado em um dos insetos mais encantadores para as crianças. Atualmente, são encontrados 2.000 exemplares e onze espécies — que podem chegar a 27 até o fim do ano. A produção de cada animal ocorre em um laboratório envidraçado, no qual os visitantes conhecem, com a ajuda de um biólogo bem preparado, todo o ciclo de vida das espécies, observando e manipulando o ovo, a lagarta, a pupa e finalmente a bela borboleta. Ao nascerem (e dá para ver esse momento), elas são distribuídas em um jardim fechado, onde o público pode entrar. Essa é a melhor parte do passeio. No espaço, ao som de composições de Vivaldi, todos aproveitam para tocar a Caligo illioneus, mais conhecida como olho-de-coruja, e tirar fotos com ela. A borboleta se aproxima quando os monitores passam suco de laranja nos dedos das pessoas. Localizado dentro do acampamento Águias da Serra, que foi ambiente das gravações do filme da telenovela Carrossel, do SBT, o espaço de boa infraestrutura conta também com restaurante, fazendinha, caiaque e uma animadíssima oficina de foguetes. Vale, portanto, gastar um pouco de tempo para chegar lá e passar algumas horas divertindo-se e aprendendo sobre os bichos.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO