Diversão

Programas para entrar no clima da Copa do Mundo

Confira atrações para um esquenta antes do Mundial, que começa em 12 de junho, no Itaquerão

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

Seleção Brasileira Copa das Confederações Lucas Neymar
(Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

Faltando pouco menos de cinquenta dias para o início da Copa do Mundo, o clima de torcida se espalha por parques, praças, shoppings e, é claro, nas mesas de bar.

+ O melhor de São Paulo e outras cidades-sede na Copa

+ Confira também a versão em inglês

No cinema, a comédia Copa de Elite satiriza o evento e, de quebra, faz piada com blockbusters nacionais como Tropa de Elite. O McDonald’s lançou uma linha de lanches inspirados em países participantes do Mundial. Já o Mercado Municipal promove um tour gastronômico dedicado aos turistas que vêm a cidade.

+ Veja a tabela completa dos jogos da Copa do Mundo

Não faltam exposições para quem pretende conhecer um pouco mais da história do campeonato. O Sesc Pompeia, por exemplo, recebe a mostra Música de Chuteiras, que relembra os temas de cada uma das edições. Nas lojas e ruas de comércio popular, o verde e amarelo colore camisetas, apitos, cornetas e até rolos de papel higiênico. 

Confira algumas atrações para começar sua contagem regressiva:

PASSEIOS

Exposição Música de Chuteiras Sesc Pompeia
Conquista do Tretacampeonato na Copa de 1994 (Foto: Shaun Botterill / Allsport)

Sesc Pompeia: recebe entre 16 de maio e 13 de julho a mostra Música de Chuteiras, que conta a história musical de todos os mundiais. Por meio das canções que embalaram o campeonato ao longo de cada edição, o visitante pode escutar depoimentos de compositores e intérpretes, selecionar e construir as próprias músicas, além de conhecer suas letras e histórias. Além disso, em outras duas cabines, o público tem a chance de assistir a entrevistas, de aproximadamente sete minutos, com vários personagens como o músico Wilson Simoninha, e ouvir canções oficiais mais recenetes como La Copa de la Vida, de 1998, cantado por Rick Martin, e Waka Waka, de 2010, interpretado por Shakira.

Museu do Futebol: ao entrar no espaço dedicado ao esporte, o visitante recebe as "boas vindas" de Pelé. Ao longo do passeio, é possível ouvir a narração dos gols feitos pela Seleção Brasileira em diferentes Copas do Mundo na voz de diversos comentaristas, além de conhecer os bastidores do jogo entre Brasil e Uruguai, na final do Mundial de 1950, no Maracanã.

Muro em Congonhas: com aproximadamente 600 metros quadrados, o muro externo do aeroporto de Congonhas ganhou uma série de grafites inspirados na Copa, feitos pelo artista Paulo Consentino. Ao longo da estrutura, que fica à beira da Avenida Bandeirantes, há imagens de craques como Pelé, Garrincha, Rivelino, Cafu e Ronaldo, entre outros.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Shopping Light: até 19 de maio, o espaço, no centro, abriga a mostra Seleção Brasileira de Todos os Tempos, com caricaturas de atletas e técnicos de futebol que se destacaram nas Copas ao longo da história. Os visitantes encontram 33 painéis ilustrados, todos em totens com 1,60 metros, recortados em formas humanas. As gravuras homenageiam nomes que deixaram boas recordações para a Seleção canarinho. Entre os destaques, Pelé, Nilton Santos, Tostão, Zico, Cafu, Dunga, Ronaldo e Romário, Zagallo, Telê Santana e Luiz Felipe Scolari.

Arte: a exposição Show de Bola ocorredurante o mês de junho na Biblioteca Prefeito Prestes Maia, em Santo Amaro, e reúne obras de mais de 90 artistas plásticos de diferentes países. Os profissionais assumiram o desafio de representar um pouco de suas culturas, através de pinturas figurativas ou abstratas, fotografias ou esculturas.

COMIDA

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

McDonald’s: a rede de fast-food lançou pela quarta vez a sua linha de sanduíches inspirados em países participantes da Copa do Mundo. As novidades contemplam as seleções de Brasil, Argentina, Espanha, França, Itália, Alemanha e Estados Unidos e serão vendidas até 25 de junho.

Doces: a Anusha Chocolates (no Itaim e Vila Olímpia) preparou receitas de doces tipicamente brasileiros para celebrar o Mundial. Entre as novidades estão o pavê de cachaça (75,00 reais) e o bolo formigueiro com cobertura de brigadeiro e granulado belga (135,00).

Taste of São Paulo: de olho nos turistas que vêm à cidade para prestigiar o Mundial, o passeio promove um tour gastronômico pelo Mercado Municipal. Com duração média de três horas e narração em inglês, revela curiosidades do local e permite que os estrangeiros degustem quitutes tradicionais, como o pastel de bacalhau e o famoso sanduíche de mortadela, além de uma legítima cachaça. O tour pode ser feito de segunda a sexta e no domingo, às 11h. Recebe até doze pessoas, que devem fazer reserva no site, por 129,00 reais.

Brasil a Gosto: o restaurante promove um menu degustação especial intitulado petiscos da torcida em homenagem as cidades-sede da Copa. Para celebrar o Recife, por exemplo, os clientes podem pedir um cachorro-quente de moela de galinha. Inspirada na culinária de Fortaleza, oferece também uma coxinha de macaxeira recheada de charque, jerimum e catupiry.

Bebida Copa Terraço Itália
O Drink Brasil, no Terraço Itália, possui cachaça, suco de abacaxi, suco de limão, menta e leite condensado (Foto: Divulgação)

Terraço Itália: o espaço preparou um camarote exclusivo com telões e TVs de alta definição. Os pontos serão distribuídos pelo restaurante para que o visitantes não percam nenhum lance. Por 151,00 os torcedores têm acesso ao buffet de petiscos preparadas pelo chef Pasquale Mancini e o barman Simone Volpato elaborou coquetéis especiais. As bebidas levam as cores respectivas das bandeiras dos países. O drinque Brasil (foto), por exemplo, é feito com cachaça, suco de abacaxi, suco de limão, menta e leite condensado. Todos são vendidos por 22,00 reais.

Freddo: a rede argentina de sorveterias já entrou no clima da Copa e tomou partido para o lado do Brasil. Cinco novos sabores de sundaes criados por chefs argentinos entram no cardápio apenas nas lojas daqui. O America combina sorvete de banana split com chantilly, lâminas de amêndoa e calda de doce de leite. Quem quiser apreciar ainda mais o famoso doce de leite argentino, o África serve sorvetes de coco com doce de leite e de doce de leite clássico e é finalizado com uma calda também de doce de leite e com o novo topping de bala de coco.

Rancho da Empada: a rede criou um bolinho especial para a Copa do Mundo, resgatando as origens dos botecos da cidade. Em formato de bola, a massa é elaborada à base de flocos de batata leva recheio de carne moída e ovo. Os quitutes saem do forno em duas versões: individual, que leva meio ovo tradicional, e as versões porcionadas com quatro unidades, que levam um ovo de codorna em cada bolinho.

CINEMA

Copa de Elite
'Copa de Elite': paródia há vários sucessos do cinema brasileiro como: 2 Filhos de Francisco (2005), Se Eu Fosse Você (2006), Tropa de Elite (2007), De Pernas pro Ar (2010), entre outros (Foto: Divulgação)

Copa de Elite: inspirado no blockbuster Tropa de Elite, a trama traz Jorge Capitão (Marcos Veras) como um manda-chuva do Bope que comete um “deslize”. Durante a Copa do Mundo, ele resgata um craque argentino sequestrado e vira alvo de chacota no país. Por conta própria, Capitão vai à luta para recuperar o prestígio ao ficar sabendo que o papa Francisco será morto na final do campeonato.

COMPRAS

25 de Março: se há um local na cidade em que a Copa do Mundo começou é nessa rua de comércio popular. Nas vitrines, é possível encontrar todo tipo de produto em verde e amarelo, dos mais simples (bandanas, apitos, cornetas) aos, digamos, sofisticados _que tal uma caixa de som com conexão via Bluetooth?. A estampa do simpático tatu-bola Fuleco, o mascote do evento, está por toda parte.

25 de março - Copa do Mundo - Festas e Fantasias
Festas e Fantasias: camiseta verde e amarela (R$ 35,00) (Foto: Mariana Oliveira)

Camisas: quem pretende garantir o uniforme de uma das seleções concorrentes tem de se apressar. Quanto mais próximo do início do Mundial, mais caros os preços. Nas lojas da rede Decathlon e Centauro, o novo uniforme da Seleção Brasileira custa 229,90 reais. O site Nike vende modelos de nações como Holanda, Croácia e Inglaterra, a preços que variam de 159 a 349 reais.

BARES

São Cristovão
Decoração temática inspirada no futebol (Foto: Divulgação)

Asterix: na Copa, vai manter a tradição de exibir as partidas de futebol. Enquanto exibe a rodada, a clientela pode se distrair com um dos cerca de 250 rótulos de cerveja listados no cardápio.

Aurora: shows de pop rock ao vivo rolam antes e depois das partidas de futebol exibidas pela casa, que receberá os torcerdores do Mundial. Atrai um público acima dos 35 anos, interessado em curtir esportes no telão e paquerar.

Bar do Biu: reduto de aficionados pelo Corinthians, o endereço bomba durante as partidas do time, e deve ser point de universitários durante o evento. O imóvel de esquina tem como maior atração o restaurante de culinária nordestina que funciona nos fundos.

Bar Brahma: tanto a unidade do centro quanto a do Aeroclube transmitem jogos e estão se preparando para receber dezenas de torcedores durante o Mundial. Para acompanhar, chope Brahma e petiscos diversos.

Bar do Juarez: com TVs de 52 polegadas, o local tem maioria corintiana entre seus frequentadores, mas deve receber representantes de todas as torcidas em junho. Da cozinha e do balcão, destacam-se a picanha argentina no réchaud e o chope Brahma.

Bella Paulista: a concorrida padaria 24 horas na região da Avenida Paulista tem cardápio extenso e faz generosos sanduíches. No salão, há diversos telões que estarão sintonizados nos jogos. 

Boteco São Bento, na Vila Madalena
Boteco São Bento, na Vila Madalena: happy hour agitada (Foto: Fernando Moraes)

Boteco São Bento: ambas as unidades (Vila Madalena e Itaim Bibi) transmitem partidas de futebol em telões espalhados pelos espaços. Para acompanhar as partidas da Copa, a melhor pedida é o chope sempre gelado. Vale provar as caipirinhas diferentonas, como as feitas com sorvete.

Eu Tu Eles: o térreo de um edifício comercial, em frente à Avenida Faria Lima, virou um dos points do Itaim. A brasilidade dá o tom à decoração e inclui uma parede de taipa e cerca de 4 000 fitinhas do Senhor do Bonfim penduradas no teto _ambiente ideal para os gringos assistirem aos jogos.

Genuíno: hospedado num casarão dos anos 30, o bar serve um dos melhores chopes da região, com colarinho de pelo menos três dedos de altura. Costuma exibir as partidas de futebol do dia nas TVs espalhadas pela casa, e deve repetir a dose durante o campeonato.

Hamburgueria do Sujinho: com diversas TVs no salão, costuma exibir as rodadas do dia e vai repetir na Copa. Em três tamanhos (80, 160 e 250 gramas), os hambúrgueres são preparados na grelha de carvão e ganham um agradável sabor defumado.

Hooters
o salão do Hooters: azaração na quarta (12) (Foto: Mário Rodrigues)

Hooters: cada uma das unidades da rede (Vila Olímpia ou Mooca) serve calóricos pratos americanos, tem ambiente barulhento e cheio de TVs ligadas em esporte. Sua marca registrada, atendimento feito por garotas de shortinho laranja e blusa decotada. Tudo regado a chope (Devassa Bem Loura).

Lil' Square: no salão, chamam a atenção a parede de tijolos à vista, o piso de concreto e os móveis na cor amarela. Não menos agradável, a área externa é repleta de plantas e mesas. Desde a inauguração, em dezembro de 2012, o lugar despontou como point de universitários. Exibem partidas de futebol numa TV de LCD e deve agradar aos turistas que estiverem de passagem pela cidade.

O'Malley's: esse pub irlandês mantém um público fiel com seu ambiente típico: balcões de madeira, TVs ligadas em esportes e torneiras de chope importado. Os turistas de outros países irão se sentir em casa.

Original: endereço clássico de Moema, exibirá os jogos durante o Mundial. A casa construiu sua fama pelo cuidado dedicado ao chope. A bebida (Brahma) chega à mesa como deve: bem gelada, com gás na medida e coberta por um creme uniforme e duradouro.

O Torcedor: montada junto à entrada principal do Estádio do Pacaembu, próximo ao Museu do Futebol, a choperia tem mesinhas sob a marquise, de onde se avista a Praça Charles Miller. É um passeio completo para turistas que estiverem em São Paulo durante o mundial, que podem visitar o museu e assistir aos jogos bebendo cerveja.

Paróquia: exibe os jogos num telão e numa televisão de 42 polegadas para os clientes que prefererirem assistir o confronto na calçada. Endereço que é sucesso na movimentada Rua Joaquim Távora, serve um chope Brahma bem tirado, uma sugestão para brindar durante a partida. O cardápio valoriza as pedidas vindas do mar, como a casquinha de camarão, que consiste num bobó de camarão servido numa forminha de massa de farinha.

Pirajá
O calçadão: cenário para provar as criações do Português (Foto: Mario Rodrigues)

Pirajá: a esquina mais carioca da cidade exibe os jogos do Brasileirão e do Mundial. O mais famoso quitute do cardápio é o tentador bolinho carioca, com massa de abóbora e recheio de carne-seca. O cremoso chope Brahma acompanha.

Posto 6: com camisas de times e fotos de futebol em suas paredes, o local tem como destaque o telão de 8 metros x 6 metros, com imagem projetada no muro da vizinha Cervejaria Patriarca. Para torcer pelo Brasil, escolha um chope entre as marcas concorrentes, Brahma e Devassa Bem Loura.

São Cristovão: o tradicional reduto dos amantes do esporte terá três TVs – uma de 29 e duas de 42 polegadas – ligadas nas partidas de futebol. Para beber, chope Brahma, e para comer, croquete de calabresa e bolinho de bacalhau.

Salve Jorge
Salve Jorge (Foto: Ligia Skowronski)

Salve Jorge: caricaturas de Jorges famosos, como dos músicos Ben Jor e Aragão, dão o mote da decoração da casa. Chama atenção o extenso balcão refrigerado, que comporta 600 garrafas de cerveja, como Original, Bohemia e Serramalte. Fãs do esporte podem ver as partidas em telões espalhados pela casa.

The Blue Pub: o animado endereço ocupa uma casa de esquina a dois quarteirões da Avenida Paulista. Um atrativo são os televisores ligados em canais de esporte e as torcidas sempre animadas que lotam o espaço.

Veloso: a casa que tem como carro-chefe a coxinha de frango com catupiry e as imbatíveis caipirinhas do barman Souza. Enquanto o público saboreias ambas receitas, pode ficar ligado nas principais partidas de futebol, exibidas nos telões espalhados pelo local.

Fonte: VEJA SÃO PAULO