Memória paulistana

Programa Divino Maravilhoso da TV Tupi causou polêmica em 1968

Por: Edison Veiga [Juliana de Faria] - Atualizado em

Foi por apenas três meses (de outubro a dezembro de 1968) que o programa Divino Maravilhoso, de Caetano Veloso e Gilberto Gil, ficou no ar, pela TV Tupi. Mas o bastante para que os telespectadores se irritassem. Transmitidas ao vivo, as apresentações (acima, os anfitriões recebem Os Mutantes) não tinham roteiro e os cantores aproveitavam para farrear diante das câmeras. Resultado: choviam cartas de reclamações pelo mau comportamento. "A gota d'água foi quando Caetano cantou uma música com um revólver apontado para a cabeça", conta a pesquisadora Ana de Oliveira. Desde 2000, ela mantém o site www.tropicalia.com.br, dedicado ao movimento.

Fonte: VEJA SÃO PAULO