Crianças

Princesas do Mar: desenho criado pelo ilustrador Fábio Yabu chega à TV de 47 países

As três personagens aventureiras do desenho foram rejeitadas pela TV brasileira

Por: Filipe Vilicic - Atualizado em

O santista Fábio Yabu, de 29 anos, era o tipo de criança que desenhava onde quer que estivesse: em casa, em restaurantes, durante as aulas de matemática... "Costumava ficar acordado até tarde copiando animações que via na TV", lembra. "Sempre quis ser desenhista." Começou a investir na carreira aos 17 anos, com a série de histórias em quadrinhos Combo Rangers, que virou gibi e site. Em 1998, mudou-se para São Paulo com o objetivo de batalhar pelo seu sonho. "No início, mal tinha dinheiro para andar de ônibus", diz. Sua sorte começou a mudar há seis anos, quando criou Polvina, uma princesa-marinha que usa um polvo como se fosse chapéu. "Ela surgiu durante uma reunião em uma agência de publicidade", conta. "Pensei nela para ser o símbolo da Sabesp, mas minha sugestão não foi aprovada."

Yabu acabou aproveitando a ideia para ele mesmo. Durante dois anos, pesquisou sobre a vida marinha visitando aquários e vendo documentários. Moldou, então, o mundo de Princesas do Mar, que, em 2004, estreou em uma série de livros infantis lançados pela editora Panda Books. A história gira em torno de três princesas de 7 anos de idade - Polvina, do reino dos polvos, Tubarina, dos tubarões, e Estér, das estrelas-do-mar - e seus amigos. Já são sete volumes, e o oitavo deve sair neste mês. "Quando vi os primeiros rascunhos, percebi o potencial da obra", afirma o jornalista e escritor Marcelo Duarte, editor da Panda Books. "Hoje, é um de nossos maiores sucessos." Mais de 30?000 exemplares da série foram vendidos até agora.

Em setembro de 2007, Princesas do Mar virou desenho animado. "Levamos os livros a uma feira na França e uma produtora australiana se interessou", diz Yabu. A história chegou primeiro às TVs da Austrália. Agora, Polvina e suas colegas estão em 47 países e falam inglês, espanhol, alemão, francês, italiano... No Brasil, estrearam em março do ano passado no canal de TV por assinatura Discovery Kids. A primeira temporada teve 52 episódios e a segunda está em fase de finalização. No Discovery Kids, o programa figura entre os dez mais vistos. Vai ao ar de segunda a sexta, às 12h30 e às 18 horas, e aos sábados e domingos, às 11 horas. "Para este ano, pretendemos lançar quarenta produtos licenciados, como bonecas, jogos, cangas de praia e acessórios de cozinha", afirma Yabu, que pelo jeito ainda tem muito desenho pela frente.

Fonte: VEJA SÃO PAULO