Cidade

Suplicy tira foto e dá autógrafo em sua primeira aula na USP

Ex-senador foi e voltou de trem do câmpus da universidade na Zona Leste da cidade 

Por: Nataly Costa - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Não fosse o terno e a gravata destoando do ambiente universitário, o ex-senador e secretário municipal de Direitos Humanos Eduardo Suplicy passaria como um docente comum na USP Leste. Professor do curso de Gestão de Políticas Públicas com a primeira aula marcada para as 19 horas de quinta (5), chegou de trem - a Linha 12-Safira da CPTM tem uma estação quase dentro da universidade - e com vinte minutos de antecedência. Antes de começar a aula, comeu um pão de queijo na cantina com os alunos. 

São 147 inscritos na disciplina de Educação Fiscal e Cidadania, que terá duração de quatorze aulas. Na noite de quinta, porém, só metade da classe estava presente. Ninguém ficou sem seus dois exemplares do Renda Básica da Cidadania - um livreto com a "versão resumida" do projeto criado pelo ex-senador e outra edição sobre o mesmo tema, ilustrada pelo cartunista Ziraldo. 

+ Confira as ultimas notícias

Para introduzir o tema da desigualdade, Suplicy usou o famoso discurso "I have a dream", proferido por Martin Luther King em 1963 e exibido via YouTube para os alunos da USP Leste. 

Além de falar sobre renda básica por duas horas, o atual secretário da gestão Haddad contou com a ajuda de dois alunos para explicar o que é o Bolsa Família - por coincidência, um desses alunos trabalhava no programa e acabou roubando a cena na explicação, dando uma aula detalhada sobre o programa implantado pelo governo do ex-presidente Lula. 

No fim, Suplicy tirou fotos com os estudantes e autografou exemplares do livro e foi embora de trem. 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO