CIDADE

Preso suspeito de destruir veículos em protesto

Mecânico foi detido em São Mateus; concessionária teve 12 carros atacados em ato no dia 19 de junho

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM

Concessionária Mercedez
Carro atacado por black blocs durante protesto em São Paulo (Foto: Luan Flávio Freires/VEJA SÃO PAULO)

A polícia prendeu na manhã desta quarta-feira (2) um rapaz sob suspeita de ter participado de ataque a uma concessionária de veículos importados na marginal Pinheiros durante ato no dia 19 de junho.

+ São Paulo terá rodízio ampliado nesta sexta (4)

A detenção do mecânico João Antônio Alves de Roza aconteceu em São Mateus, na Zona Leste. Segundo a polícia, com Roza, que trabalha em uma cooperativa de ônibus, foi encontrada a roupa utilizada durante a depredação dos veículos. Os policiais também apreenderam um computador, que será periciado.

Homem morre após passar mal dentro da Arena Corinthians

No dia do protesto, organizado pelo MPL (Movimento Passe Livre), um grupo invadiu a concessionária Catalbiano, na altura da ponte Eusébio Matoso, e atacou 12 carros importados. Segundo a empresa, os prejuízos somaram 3 milhões de reais. Outras lojas de automóveis também foram alvo de ataques naquele dia. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO