Cidades

Preso suspeito da morte de universitário na Zona Sul de São Paulo

Jordi Flores foi assassinado na semana passada ao deixar a faculdade; suspeito indicou o nome de dois cúmplices

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Universitario morto
Jordi Flores foi atingido dentro do carro na semana passada (Foto: Alexandre Serpa/Futura Press/Folhapress)

Nesta terça (12), a polícia prendeu um homem que confessou a participação no assassinato do estudante universitário Jordi Fores, que foi morto na semana passada ao deixar a faculdade, na região de Interlagos, na Zona Sul de São Paulo. 

+ Câmara aprova projeto de lei que restringe carros no Minhocão aos sábados

De acordo com os policiais, o suspeito aparece nas imagens das câmeras de segurança atravessando a rua, logo após a morte de Flores. Ainda segundo a polícia, ele deu o nome de outros dois menores, que agora estão sendo procurados. Um dos adolescentes pode ser visto nas imagens. O terceiro teria disparado contra o estudante. Antes de cometer o crime, eles saíram do Grajaú para roubar um carro.

+ Acompanhe as últimas notícias da cidade

Aos 27 anos, Jordi Flores foi assassinado perto do campus universitário do Senac, em Santo Amaro, onde cursava design. O avô de um dos menores envolvidos no crime já esteve na delegacia e disse que vai apresentar o neto de 16 anos ainda hoje.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO