Criminalidade

Preso em São Paulo ladrão que participou do assalto ao Banco Central

Antônio Reginaldo de Araújo é suspeito de ser um dos comandantes do tráfico na favela de Paraisópolis

Por: Veja São Paulo

rota
No Morumbi: policiais da Rota prenderam Antônio Reginaldo de Araújo (Foto: Edison Temoteo/Futura Press/Folhapress)

Um dos participantes do maior furto a banco no país, Antônio Reginaldo de Araújo foi preso no Morumbi, em São Paulo, na noite dessa terça (9).  Ele estava foragido desde o ano passado, quando não retornou para a cadeira após a saída temporário do Dia dos Pais.

+ Vídeo mostra como foi a reintegração de posse em Osasco

Ao lado da mulher, Araújo foi preso a Avenida Giovanni Gronchi. Durante uma abordagem de rotina, ele apresentou documento falso, mas depois confessou sua verdadeira identidade.

Com ele, os policiais da Rota encontraram 7 quilos de pasta base de cocaína. Ele é suspeito de ser um dos comandantes do tráfico de drogas de Paraisópolis.

+ Confira as principais notícias da cidade

Banco Central

Após alugarem uma casa e construírem um túnel com aproximadamente 78 metros de comprimento, os ladrões roubaram cerca de 165 milhões de reais do Banco Central em Fortaleza. O crime aconteceu no fim de semana, entre os dias 6 e 7 de agosto. O furto só foi descoberto no dia 8 com o início do expediente dos funcionários.

Fonte: VEJA SÃO PAULO