Arena Corinthians

Torcedores quebraram 282 cadeiras no jogo entre Argentina e Suíça

Clube fez vistoria para calcular os prejuízos com assentos destruídos; custo será pago pela Fifa 

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O Corinthians divulgou nesta quinta-feira (3) um relatório informando que 282 assentos foram quebrados por torcedores durante o jogo entre Argentina e Suíça, no Itaquerão, na última terça-feira (2). Por meio de nota, o clube afirmou que "todas as cadeiras precisarão ser substituídas para a semifinal do torneio, que acontecerá na quarta-feira (09)".

+ Argentina se iguala ao Brasil até no sofrimento

Apesar dos danos, os corintianos não precisam se preocupar. Afinal, a Fifa será responsável por pagar o prejuízo durante os jogos do Mundial. "A Arena Corinthians esclarece ainda que todos os danos causados na organização da Copa do Mundo estão sendo registrados, com fotos e vídeos, e serão repassados para o COL/Fifa para reembolso das despesas", afirma o comunicado. Cerca de 10 000 assentos extras já haviam sido comprados pelo clube, prevendo uma possível depredação.

Das sete partidas disputadas no estádio, entre jogos do Brasileirão e do Mundial, apenas o confronto entre Corinthians e Botafogo, no dia 1 de junho deste ano, não registrou danos ao patrimônio, segundo o Corinthians. Na partida entre Inglaterra e Uruguai, por exemplo, aproximadamente 170 assentos foram quebrados.

Atualmente, o estádio possui 68 000 lugares, sendo 20 000 considerados provisórios, instalados apenas para a realização do Mundial. Depois da Copa, os torcedores terão 48 000 cadeiras disponíveis.

O próximo jogo da Copa marcado na Arena Corinthians acontece no dia 9 de julho, às 14 horas, e novamente os argentinos podem passar por lá. O confronto depende dos vencedores das partidas das quartas de final entre Holanda e Costa Rica e Argentina e Bélgica, no dia 5 de julho.

Fonte: VEJA SÃO PAULO