Manifestações

Prefeitura de SP terá gasto de R$ 260 mil com reformas após depredação

Valor será totalmente retirado dos cofres públicos da cidade e inclui também reparos ao Theatro Municipal, alvo de pichações e vandalismo

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Manifestação na Prefeitura - 18/6/2013 - sexto dia - fogo
Foto compartilhada nas redes sociais buscam identificar o rapaz da foto; ele seria o responsável pelo começo dos atos de vandalismo na Prefeitura (Foto: Reprodução/Facebook)

A Prefeitura de São Paulo anunciou que terá um gasto de 260 000 mil reais com os estragos causados ao edifício Matarazzo, sede da administração municipal, e o Theatro Municipal, após as depredações causadas durante o quinto protesto contra o aumento das tarifas do transporte público na última terça (18), revogado na quinta (20).

+ MPL anuncia que as manifestações em São Paulo podem continuar

Grande parte do valor será destinado à reforma do edifício Matarazzo, sede da Prefeitura, que custará aproximadamente 250 000 mil aos cofres públicos. De acordo com uma nota emitida pela secretaria de comunicação da Prefeitura, o restante do valor servirá para o restauro da obra de arte A Guanabara, do artista João Batista Ferri, que fica em frente ao prédio e também foi danificada.

Entram para o montante também a limpeza da fachada do Theatro Municipal e a substituição de vidros quebrados, orçadas em 12 000 mil reais.

Na mesma data onde ocorreram as depredações ao prédio da Prefeitura, diversas lojas da região e até uma agência bancária foram arrombadas e saqueadas.

Confira a lista discriminada das despesa:

  • Serviço de limpeza interna da sede da Prefeitura: R$ 9.350,00
  • Serviço de manutenção: R$ 2.980,00
  • Troca de vidros da sede da Prefeitura: R$ 120.000,00
  • Colocação de tapumes: R$ 5.000,00
  • Bandeiras (sede da Prefeitura): R$ 1.800,00
  • Restauração de fachada e portas: R$ 100.000,00
  • Pintura da grade da entrada do 3º andar: R$ 1.600,00
  • Recomposição de piso em mosaico português na área externa, remoção da guarita da PM, limpeza de pichação e lavagem externa, retirada de lixo e entulho, materiais etc.: R$ 7.000,00
  • Bandeiras (Viaduto do Chá): R$ 1.455,00
  • Limpeza e substituição de vidros do Theatro Municipal: cerca de R$12.000,00

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO