Folia

Prefeitura espera cadastrar até 300 blocos para o Carnaval de 2015

Inscrições foram prorrogadas até o próximo dia 30; decreto do prefeito Fernando Haddad deve ser publicado até a primeira semana de dezembro

Por: Veja São Paulo

bloco carnaval esfarrapado
O Esfarrapado, no desfle do ano passado: em atividade desde 1947 (Foto: J Duran Machfee/ Futura Press)

O cadastramento de blocos e cordões para desfilar pelas ruas de São Paulo no Carnaval 2015 foi prorrogado até o dia 30 de novembro. A medida ocorre após um grande número de agremiações se  registrarem no site da Secretaria Municipal de Cultura. Até segunda (17), dia em que terminariam as inscrições, cerca de 250 blocos já haviam solicitado apoio do governo para a organização de seus desfiles. A expectativa da prefeitura é que, com o novo prazo, o número de blocos na folia ultrapasse 300.

Na noite desta quarta-feira (19), representantes de vários blocos se reúnem na Subprefeitura de Pinheiros para discutir as regras do Carnaval. Até a primeira semana de dezembro, o governo promete publicar o decreto do prefeito Fernando Haddad que regulamentará a festa nas ruas em 2015.

O registro é voluntário e gratuito. Basta informar o local de saída do bloco, o trajeto e o público estimado. A ideia é que as subprefeituras e a Secretaria de Cultura adequem as necessidades de cada bloco de acordo com suas características.

O carnaval de rua de São Paulo vem ganhando força nos últimos tempos. Após registrar 75 blocos em 2013, o número saltou no ano seguinte para mais de 200, que arrastaram uma multidão de 500 000 foliões. A prefeitura regulamentou a festa e ofereceu apoio, como bloqueios de rua e oferta de banheiros químicos.

Para 2015, estão prometidas mais mudanças. O objetivo é planejar a oferta de serviços de infraestrutura e mobilidade, como fechamento de ruas e desvio do trânsito, disponibilidade de banheiros químicos, cadastramento de ambulantes, ambulâncias e serviços de limpeza das ruas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO