Cidade

Prefeitura pode interditar sede do Corinthians

Local não tem licença de funcionamento; diretor jurídico diz que não há risco de interdição, e que clube vai fazer todas as adequações até o fim do ano

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Parque São Jorge
O estádio no Parque São Jorge: risco de interdição (Foto: Cida Souza)

A Prefeitura de São Paulo conseguiu derrubar a liminar na Justiça que impedia a interdição da sede do Corinthians, no Parque São Jorge, na Zona Leste. Em decisão tomada na 13ª Câmara de Direito Público, a prefeitura afirma que a sede não tem licença para funcionar e que não cumpre normas de segurança e acessibilidade. O relatório é da desembargadora Flora Maria Nesi Tossi Silva.

+ Confira as últimas notícias

Procurado pela reportagem, o diretor jurídico do Corinthians, Rogério Mollica, disse que não há risco de interdição e que o clube pretende fazer as adequações necessárias até o fim do ano. “Das 44 alterações solicitadas, já fizemos mais de trinta. A questão é que algumas obras são mais complexas”, afirmou ele. 

+ Pelé está fora da abertura dos Jogos Olimpícos

Entre as adequações, segundo o relatório, estão a instalação de barras antipânico nas portas destinadas ao escoamento de público e o alargamento de saídas. “O clube está trabalhando com empenho para conseguir o alvará o mais rápido possível”, complementa Mollica. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO