Inflação

Preços de guloseimas juninas variam mais de 100%

Comparamos os preços dos quitutes mais tradicionais em festas em todas as regiões da cidade

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Festa Junina
Inflação no arraial: veja alguns valores dos pratos mais populares (Foto: Antonio Rodrigues)

Quem gosta desta época do ano para curtir as festas juninas da cidade já deve ter percebido a variação de preços das guloseimas tradicionais entre um arraial e outro. Os valores podem, inclusive, mais que dobrar.

É o caso do milho-verde no pratinho, que custa R$ 3,00 na festa da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Pompéia e R$ 6,00 na do Santíssimo Sacramento, no Paraíso. Já o quentão, que é vendido a R$ 2,00 na Festa de Santo Antônio do Pari, chega a R$ 5,00 na Festa da Portuguesa ou na do Clube Pinheiros

A variação média dos alimentos usados em muitos produtos juninos entre o ano passado e este, de 13,91%, superou a inflação média do IPC (Índice de Preços ao Consumidor), que foi de 5,96%, segundo o economista da FGV (Fundação Getúlio Vargas), André Braz. Entre os "vilões", estão itens como a mandioca (alta de 58,91%), o fubá de milho (22,93%) e a salsicha (20,75%).

A grande diferença entre os preços nas diferentes quermesses, no entanto, deve considerar o valor cobrado pelo serviço, lembra o economista. 

Comparamos o preço de cinco destas iguarias juninas em festas espalhadas nas cinco zonas da capital. Veja o resultado abaixo.

Tabela - festa junina
(Foto: Veja São Paulo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO