Roteiro

Feijoada, moqueca e outros pratos clássicos em versões vegetarianas

Saiba onde provar receitas tradicionais livres de carne, frango ou peixe igualmente saborosas e caprichadas

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Brasil a Gosto - moqueca vegetariana
Brasil a Gosto: moqueca vegetariana de legumes (Foto: Patricia Cecatti)

Pratos clássicos brasileiros como moqueca, baião de dois, escondidinho e bobó aparecem também em versões sem carne em diversos restaurantes paulistanos. Além de agradar aos vegetarianos, essas preparações são opção para quem quer evitar as "feijoadas gordas" ou simplesmente enveredar por novos sabores.  

A moqueca, por exemplo, é feita com legumes pela chef Ana Luiza Trajano, do restaurante Brasil a Gosto, nos Jardins. Acompanhada de arroz com coco, farofa de coentro e pirão ao leite de castanha-do-pará, custa R$ 49,00. 

A feijoada, por sua vez, é um hit em casas naturais e veganas, onde costuma compor bufês e cardápios às quartas e aos sábados. A versão do prato criada no Goa, em Pinheiros, é cozida com legumes e tofu defumado e guarnecida de arroz integral, couve orgânica, farofa de banana e lascas de laranja. O almoço com direito a entrada, prato principal, sobremesa e bebida custa R$ 28,90 (segunda a sexta) e R$ 37,00 (fim de semana). 

Confira abaixo outros pratos tradicionais em versões vegetarianas. 

BAIÃO DE DOIS

Anna Prem: à base de arroz integral, feijão fradinho, queijo parmesão e legumes como chuchu e cenoura em cubos. O bufê custa R$ 21,50, de segunda a sexta, e R$ 26,00, nos fins de semana.

Banana Verde: com queijo de coalho crocante, purê de mandioca ao açafrão-da-terra, palmito pupunha defumado e molho à base de agrião (R$ 30,00). Servido de terça a sábado no jantar.

Brasil a Gosto: composto de vegetais misturados a arroz-cateto integral, feijão-verde, abobrinha, abóbora refogada e assada, tomate e queijo de coalho (R$ 39,00).

Brasil a Gosto - baião de dois vegetariano
Brasil a Gosto: baião de dois com arroz-cateto e feijão-verde (Foto: Patricia Cecatti)

BOBÓ

Banana Verde: de cogumelo shimeji com banana-da-terra na minimoranga (R$ 46,00). Purê de cará, queijo meia cura, arroz integral com brócolis, farofa de mandioca com castanhas e pimentas-de-cheiro. Em cartaz de terça a sexta, no jantar.

Anna Prem: de cogumelo shiitake, mandioca e brócolis no leite de coco, costuma compor o bufê aos domingos, mas isso não é uma regra. Custa R$ 21,50, de segunda a sexta, e R$ 26,00, nos fins de semana.

FEIJOADA

Cachoeira Tropical: de proteína de soja com cogumelo-de-paris, ricota defumada seca e couve de bruxelas. O prato integra o bufê às quartas e aos sábados e pode ser acompanhado de outras receitas quentes, frias e sobremesa. Custa R$ 19,00, de segunda a sexta, e R$ 22,00, nos fins de semana.

Goa:  feijão preto cozido com legumes e tofu defumado servido junto de arroz integral, couve orgânica, farofa de banana e lascas de laranja. O prato é a estrela do menu de almoço às quartas e aos sábados. Inclui ainda entrada, sobremesa e bebida e custa R$ 28,90 (segunda a sexta) ou R$ 37,00 (sábado).  

Gopala Madhava: de feijão-azuqui (levemente adocicado) guarnecida de arroz integral, farofa e couve (R$ 25,00). Servida apenas às sextas, no almoço. Salada, suco e sobremesa acompanham.

ESCONDIDINHO

Goa: a versão de palmito e cogumelo-de-paris acompanhada de arroz com espinafre pode aparecer como opção de prato principal. Como o restaurante não tem cardápio à la carte, o ideal é consultar o menu do dia no site. Esse combo de almoço inclui ainda entrada, sobremesa e bebida e custa R$ 28,90, de terça a sexta, e R$ 37,00, aos sábados.

Tavares: de vegetais feito com purê de abóbora, trigo, escarola refogada e ricota finalizado com farofa de pão artesanal. Recebe a companhia de arroz integral e salada (R$ 29,00).

ESTROGONOFE

Anna Prem: pode ser de banana-da-terra, de palmito ou de proteína de soja. Toda semana, em revezamento, a cozinheira Monica faz uma versão. O bufê custa R$ 21,50, de segunda a sexta, e R$ 26,00, nos fins de semana.

Goshala
No Goshala: moqueca de caju ao leite de coco e dendê (Foto: Mario Rodrigues)

LASANHA

Aguzzo Cucina e Vino: de alcachofra com tomate, mussarela de búfala e manjericão (R$ 53,00).

Apfel: creme de abóbora com frutas secas intercalado com massa integral, molho branco e queijo. A receita é criação da chef chilena Mylenne Signé, à frente da unidade de Cerqueira César. Pode compor o bufê com pratos quentes, frios e sobremesa por R$ 26,00, em dias de semana, e R$ 30,00, aos sábados e domingos.

Cachoeira Tropical: receita à bolonhesa feita com proteína de soja. O bufê com pratos quentes, frios e sobremesas custa R$ 19,00, de segunda a sexta, e R$ 22,00, nos fins de semana. Como as sugestões são diferentes a cada dia,  telefone antes de ir ao local para confirmar se haverá lasanha.  

La Régalade: lâminas de berinjela intercaladas com queijo brie e molho de tomate (R$ 25,00).  O prato é servido no almoço e no jantar como entrada. 

MOQUECA

Brasil a Gosto: de legumes servida com arroz de coco, farofa de coentro e pirão de leite de castanha-do-pará (R$ 49,00). O prato também aparece como opção do almoço executivo às quintas. Neste caso, custa R$ 44,00, incluinfo entrada e uma sobremesa.

Goshala: preparada com cubos de caju e palmito pupunha, castanha-de-caju, cebola-roxa, pimentões, alga hijiki e tomate guarnecida de arroz branco e negro (R$ 28,00).

Horta Café & Bistrô: de cogumelo shimeji e palmito pupunha na companhia de arroz com coco fresco e castanha-do-pará. É uma das receitas que integram o menu diário de almoço, que inclui ainda entrada, sobremesa e um refresco (R$ 26,00, de segunda a sexta, e R$ 29,00, aos sábados). O restaurante só funciona no almoço.

Tordesilhas: em novo endereço, o restaurante da chef Mara Salles tem, como opção vegetariana, a moqueca de banana-da-terra (R$ 45,00), acompanhada por arroz e farofa de pupunha.   

VATAPÁ

Apfel: feito sem peixes ou frutos do mar, leva apenas pão integral, coco, amendoim e fubá. Às vezes, a chef chilena Mylenne Signé pode usar ainda proteína de soja para dar liga à mistura. A receita nem sempre aparece no bufê, que inclui pratos quentes, frios e sobremesa (R$ 26,00, segunda a sexta, e R$ 30,00, aos sábados e domingos).

Moinho de Pedra: de legumes, leite de coco e alga hijiki. Como o restaurante trabalha com diferentes sugestões diariamente, o prato não tem dia certo para entrar em cartaz. O almoço com salada ou sopa custa R$ 35,00, em dias de semana, e R$ 45,00, aos sábados.

Fonte: VEJA SÃO PAULO