Mistérios da Cidade

Praças da cidade oferecem equipamentos de ginástica a céu aberto

Na Maria Noeli Carly Lacerda, é possível até ter aulas gratuitas

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Flora Monteiro e Nathalia Zaccaro] - Atualizado em

Malhação a céu aberto - Mistérios da Cidade
(Foto: Mario Rodrigues)

Quem circula pelas praças paulistanas já deve ter notado a presença de coloridas geringonças de ferro. Em uma primeira olhada, elas podem parecer obras de arte conceitual ou brinquedos, mas são na verdade aparelhos de ginástica. Nos últimos seis meses, a prefeitura dobrou o número de áreas verdes com os equipamentos, que totalizam agora 312 academias ao ar livre. “O objetivo é estimular a atividade física”, diz o supervisor de Esportes da Subprefeitura de Pinheiros, Marcio Natividade. Projetados para a prática de exercícios leves, vão das tradicionais barras paralelas até modelos mirabolantes com nomes para lá de inusitados, como o Multiexercitador ou o Surfe com pressão (veja abaixo o benefício proporcionado por alguns). Só há um problema. “Apesar de eles terem sido planejados para a utilização sem orientação, algumas pessoas têm dificuldade para entender como manuseá-los”, diz a professora de educação física Cida Pereira, que dá aulas gratuitas na Praça Maria Noeli Carly Lacerda, na Vila Madalena.

1. Multiexercitador

Várias possibilidades em um equipamento: sentando-se na cadeira, movimente a perna e fortaleça a coxa, gire a roda lateral ou puxe a barra em direção ao tórax para endurecer os braços

2. Remada Sentada

Mais conhecido entre osadeptos da malhação,trabalha a musculatura dascostas e dos ombros: paraisso, o usuário precisa trazera barra frontal no sentidodo peito com as mãos

3. Rotação dupla diagonal

Aparelho projetado maispara alongar os músculosdo que para fortalecê-los,aumenta a mobilidade dasarticulações do ombro e docotovelo quando as rodassão giradas com as mãos

4. Simulador de caminhada

Apoiando-se na barra, alterne o movimento dos pés para a frente e para trás: caminhar (mesmo sem sair do lugar) melhora o condicionamento cardiovascular

5. Surfe com pressão

Uma opção menos arriscada (e menos divertida) do que encarar as ondas: suba no apoio de pés e balance os quadris de um lado para o outro para ganhar flexibilidade e agilidade nas pernas

Fonte: VEJA SÃO PAULO