Mistérios da Cidade

Praça Roosevelt: moradores tentam salvar feira livre

Kassab anunciou que ela será transferida, mas há incerteza sobre o seu destino

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Flora Monteiro, Jonas Lopes e Nathalia Zaccaro]

Banca de feira - Mistérios da Cidade 2255
(Foto: Veja São Paulo)

Existem em São Paulo 869 feiras livres. Além de oferecerem frutas, verduras, legumes, ovos, pescados e frangos de qualidade, a preços muitas vezes menores do que os dos supermercados, elas funcionam também como ponto de encontro da vizinhança e são uma tradição paulistana tão forte como a pizza em família.

Uma das mais conhecidas é a da Praça Roosevelt, que na verdade é instalada aos domingos em uma rua próxima, a Gravataí, pequena via de pouco tráfego e ocupada praticamente apenas por escritórios que não abrem no fim de semana. Foi justamente com ela que o prefeito Gilberto Kassab resolveu implicar.

+ Conheça alguns cartões-postais no centro paulistano

Depois de já tê-la tirado da Rua Guimarães Rosa, Kassab anunciou na semana passada que ela sairá do local e será transferida sabe-se lá para onde, se é que não desaparecerá. O motivo seria a conclusão das obras de reforma da praça, prevista para setembro.

Moradores da região central e frequentadores estão fazendo um abaixo-assinado para que o prefeito volte atrás em seu intento, até porque a feira, com pouco mais de sessenta barracas, jamais prejudicou as atividades de seu entorno e em nada vai atrapalhar quem for à Praça Roosevelt.

Fonte: VEJA SÃO PAULO