Comida de rua

Food truck: como funciona por dentro

Saiba como funcionam os caminhões de comida que fazem sucesso nas ruas de São Paulo

Por: - Atualizado em

4 -VilaBuzina_620_Flaviz Guerra
(Foto: Flaviz Guerra)

A cultura do trailer não faz parte da realidade brasileira. Todo mundo já viu, entende o conceito, mas pouca gente sabe como funcionam as casas sobre rodas. E a mesma coisa acontece com os food trucks. Desde o ano passado nas ruas de São Paulo, do lado de fora eles nada mais são do que balcões itinerantes. Mas, por dentro, os caminhões de comida escondem uma série de itens que permitem o preparo e a conservação dos alimentos:

Cozinha industrial fogão e forno industrial, além de revestimento em inox – padrão nos restaurantes tradicionais –, são fundamentais para a qualidade dos alimentos produzidos no food truck.

Pia em inox conta com dois reservatórios de água: um para abastecer a torneira e outro para coletar a água utilizada. O ideal é que os reservatórios tenham, no mínimo, 50 litros.

Gerador pode ser a gás ou outro combustível, e oferece autonomia aos equipamentos elétricos. Deve ficar sempre separado das instalações de gás.

Gás a área de instalação deve ser ventilada para evitar combustão, e normalmente são necessários dois bujões para o volume utilizado nos food trucks.

Geladeira se for possível providenciar a instalação de uma tomada, é a melhor alternativa para conservar os alimentos. Recipientes térmicos, com gelo, também costumam ser usados.

Coifa não é fundamental, mas evita que a fumaça do preparo fique acumulada dentro do veículo. Com certeza uma boa aquisição.

Venha experimentar as comidas de rua no Food Truck da Casa Cor e interaja conosco nas redes sociais de Veja São Paulo usando a #foodtruckvejasp. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO