Mistérios da Cidade

Policiais do Garra à paisana: não é o Village People

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Caio Barretto Briso e Luiz Fukushiro ] - Atualizado em

Vestidos como na foto ao lado, policiais civis do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos, o Garra, prenderam na segunda-feira passada uma quadrilha que roubava carga na região da Rua 25 de Março, no centro. Envolvendo um total de cinquenta homens, a investigação durou 35 dias e incluiu trajes similares aos de funcionários da construção civil, da Eletropaulo, da Sabesp, da CET e da Limpurb, além de farrapos como os usados por moradores de rua. "Esta é a segunda operação desse tipo", conta o delegado Osvaldo Gonçalves, supervisor do Garra. Em julho, os tiras disfarçados haviam prendido na Praça da Sé 56 suspeitos de crimes como tráfico de drogas e falsificação de documentos. "Ficamos melhor que o Village People", brincou um deles.

Fonte: VEJA SÃO PAULO