Cidade

Polícia ainda procura motorista que atropelou quinze pessoas

Motorista fugiu a pé do local do acidente. No carro, havia maconha e cocaína

Por: Veja São Paulo

Avenida Roland Garros
Carro do motorista que atropelou quinze pessoas na Avenida Roland Garros, na Vila Medeiros (Foto: Adriano Lima/Alpha/Folhapress)

A polícia de São Paulo ainda procura o motorista que atropelou quinze pessoas na noite de domingo (9) na Zona Norte. Elas saíam de um culto de uma igreja evangélica, quando um carro desgovernado e em alta velocidade as atingiu. Entre as vítimas estão um bebê de cinco meses e um garoto de três, que foi socorrido em estado grave.

Na tarde de segunda, o proprietário do veículo, o corretor de imóveis Fábio Andrade de Souza, de 31 anos, foi ao 39º DP, negou seu envolvimento no caso e afirmou que vendeu o carro, um Fiat Marea, em 2011. Umas das vítimas do atropelamento confirmou a versão de Fábio. Segundo ele, o corretor não dirigia o automóvel naquela noite.

A polícia já sabe, no entanto, que o condutor era um rapaz de 26 anos que estava acompanhado da namorada e de um amigo. No carro, também foram encontradas pequenas quantidades de maconha e de cocaína. Os três fugiram a pé do local. De acordo com a polícia, o motorista vai responder por lesão corporal, omissão de socorro e porte de drogas.

Feridos

Além do menino de três anos, que continua internado no Hospital das Clínicas após ter passado por uma cirurgia no abdômen, o pastor Washington Pirola também foi socorrido com ferimentos graves. Ele está hospitalizado na Santa Casa, no centro da cidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO