Criminalidade

Polícia investiga se universitário morto reagiu a assalto

Estudante de 27 anos seguia para a aula quando foi abordado e baleado dentro do carro

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Universitario morto
Jordi Fores foi atingido dentro do carro na noite dessa segunda (4) (Foto: Alexandre Serpa/Futura Press/Folhapress)

Peritos encontraram pólvora nas mãos do universitário Jordi Fores, de 27 anos, morto com três tiros no rosto perto do local onde estudava, na Zona Sul, na noite dessa segunda (4). O caso foi registrado como homicídio. Entretanto, segundo a polícia, indícios indicam que a vítima tentou tirar a arma do assassino, provavelmente reagindo a um assalto.

+ Porteiro suspeito de assassinato não poderia estar armado, diz advogado

Fores era aluno do curso de design gráfico do Senac. Por volta das 18h30, o estudante que seguia para a aula estacionou na Rua Professor Campos de Oliveira.

+ Sequestro relâmpago no Morumbi termina com um morto e dois presos

Ainda dentro do carro, ele foi abordado por um homem armado, que efetuou três disparou e fugiu. Os policiais encontraram a carteira e o celular da vítima dentro do carro.

+ Polícia identifica corpo de homem achado em caçamba de lixo

Imagens de câmeras de seguranças ajudam os policiais na identificação do assassino e de possíveis cúmplices.

+ Confira as principais notícias da cidade

O corpo do estudante foi enterrado no Cemitério de Congonhas na tarde desta terça (5). No local, amigos e familiares não falaram com a imprensa sobre a morte de Fores.

Fonte: VEJA SÃO PAULO