tragédia

Polícia investiga queda de criança do 26º andar de prédio

Gustavo Souza Storno, de 5 anos, caiu da janela do aparamento onde morava com a mãe em Taboão da Serra 

Por: Veja São Paulo

Prédio Taboão da Serra
Prédio em Taboão da Serra onde morava o menino Gustavo (Foto: Nivaldo Lima/Futura Press/Folhapress)

A polícia investiga a morte de uma criança de cinco anos que caiu do 26º andar de um prédio na cidade de Taboão da Serra, região metropolitana de São Paulo.

De acordo com a polícia, a queda ocorreu por volta da meia-noite desta quinta (17). A criança caiu da janela de um apartamento do edifício Pitangueiras 1, na Avenida Aprígio Bezerra da Silva. Vizinhos escutaram o barulho da queda. Gustavo Souza Storno foi encontrado no estacionamento do local.

À polícia a mãe do menino, Juliana Souza Storno, afirmou que deixou o menino sozinho no apartamento para ir buscar o namorado na Avenida Luís Carlos Berrini, nas proximidades da estação Morumbi da CPTM.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Ao voltar para casa, segundo consta no boletim de ocorrência, Juliana disse que as luzes estavam acesas e que, ao se dirigir para o quarto da criança, notou a porta do banheiro aberta e duas cadeiras colocadas ao lado da janela, que estava aberta.

A polícia investiga o caso como acidente. Juliana chegou a mostrar para os policiais o celular com as mensagens trocadas com o namorado, combinando o lugar em que o apanharia após o trabalho. Após serem ouvidos no 1º Distrito Policial de Taboão da Serra, o casal foi liberado. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO