Violência

Polícia investiga mais um caso de ataque com seringa

A vítima, que não teve seu nome divulgado pela polícia, sofreu a agressão na estação de metrô Paraíso 

Por: Redação - Atualizado em

metro se
Mulher afirma ter sido atacada no Metrô (Foto: Nataly Costa)

Uma mulher afirmou, em depoimento à polícia, ter sido atacada com uma seringa enquanto passava pela estação de metrô Paraíso no último dia 18. O caso é o segundo relatado após a prisão do suposto agressor, Antonio Nogueira de Santana, ocorrida em julho. O acusado foi reconhecido por pelo menos sete mulheres. 

O novo ataque aconteceu no período da manhã, quando a vítima subia uma escada, acompanhada da mãe. Ela viu um homem parado no local e sentiu uma picada nas costas. Após a agressão, o suspeito saiu correndo. 

+Temperatura pode chegar a 30°C neste domingo (28)

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública afirma que a mulher prestou dois depoimentos e que a investigação tentará identificar o autor da ação. Imagens das câmeras de segurança serão requisitadas para auxiliar os agentes na busca pelo autor da picada. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO