Restaurantes

Pobre Juan Cidade Jardim: fora do ponto

O crítico de gastronomia da Vejinha conta como foi sua visita à casa

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

NÃO USAR - pobre juan cidade jardim
O salão do Pobre Juan Cidade Jardim (Foto: Ailin Aleixo)

Dia 8, fui almoçar na churrascaria Pobre Juan e quase nada deu certo. Foram tantos os tropeços que é possível enumerá-los num jogo dos sete erros:

  1. O garçom não sabia explicar as características das carnes;
  2. Embora tenha sido apresentado um novo cardápio de petiscos, faltaram as miniempanadas que já tinham sido pedidas;
  3. A porção de tapas de vegetais estava insossa;
  4. Os croquetes de presunto cru quase não tinham presunto;
  5. O sommelier desconhecia a composição de uvas do vinho solicitado;
  6. Precisei devolver as fritas suflês da guarnição, murchas e engorduradas;
  7. Pedi a sobremesa, o café e a conta, e a nota apareceu antes do doce.

Felizmente, o bife pampeano continua de primeira. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO