Música

Planeta Terra começa com dia quente e bons shows nacionais

Criolo e Nação Zumbi iniciam as atividades no palco principal

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Pontualmente às 16h, Criolo deu a largada nas atividades do Planeta Terra, no Playcenter. Em apresentação no palco principal, o rapper mostrou sua popularidade ao animar o público com canções como "Não Existe Amor em SP" e "Freguês da Meia Noite", do CD "Nó na Orelha".

+ Confira a galeria com fotos dos shows do festival  

+ Saiba tudo sobre o Planeta Terra

+ Confira o que vai rolar no SWU

+ Festivais de música: o que fazer e levar na mochila

As primeiras apresentações foram todas de bandas nacionais. Às 17h30, foi a vez do Nação Zumbi, que tocou seus sucessos, entre eles "Quando a Maré Encher". Criolo assistiu o show da plateia.

Já no palco indie, quem iniciou as apresentações foi Selvagens a Procura da Lei, banda cearense que venceu um concurso para tocar no festival. O quarteto entrou também às 16h e tocou sete músicas. Eles foram seguidos pelo trio sorocabano The Name, que começou a tocar às 17h, com "Can You Dance Boy" e apresentou onze músicas.

O Garotas Suecas foi a terceira atração indie do festival. O grupo tocou repertório do CD "Escaldante Banda" e durante a apresentação de "Banho de Bucha" recebeu no palco o dançarino de axé Jacaré, ex-integrante do É o Tchan, que também participou do clipe da música.

+ É o Tchan está de volta: quem gosta "mutcho"?

+ Dez músicas que as pessoas cantam errado

O sol estava forte na parte da tarde, mas não havia problemas em conseguir uma bebida para se refrescar nos diversos pontos de venda espalhados pelo parque. As pessoas também foram preparadas, com roupas frescas, chapéus e óculos escuros.

A programação do festival conta com 15 apresentações, entre elas a das bandas Beady Eye, Interpol e The Strokes.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO