Festival

Público revive infância no Planeta Terra

Espectadores se empolgaram com os brinquedos do Playcenter, parque que é palco do festival

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

Planeta Terra
Planeta Terra: público aproveita brinquedos do Playcenter (Foto: Adriano Conter)

Diferente dos finais de semana normais, a tarde deste sábado (5) no Playcenter foi marcada por um bando de marmanjos matando as saudades da infância nos brinquedos do parque durante os intervalos das apresentações do Planeta Terra.

+ Confira a galeria com fotos dos shows do festival

+ Saiba tudo sobre o Planeta Terra

+ Confira o que vai rolar no SWU

+ Festivais de música: o que fazer e levar na mochila

Atrações como a Barca Viking e o Cataclisma começaram a funcionar às 13h. A partir das 14h, onze dos 35 brinquedos estavam abertos para o público do festival e alguns ficaram na ativa até as quatro horas da manhã.

Diferente de uma tarde normal no parque, não havia filas muito grandes e a espera durava poucos minutos. Um dos brinquedos mais procurados era o Turbo Drop, que recebe o apelido de "elevador" por subir a uma altura de 60 metros, que são descidos em uma queda livre que dura apenas quatro segundos.

Outra atração bastante concorrida era a Auto Pista, o carrinho bate-bate que estava enfeitado com luzes de neon e era animado por caixas de som no volume máximo que tocavam músicas de artistas como Queen e Amy Winehouse.

Apesar de a tarde ter sido quente, o Waimea não foi tão procurado pelos espectadores, talvez pelo receio de terem que aturar roupas molhadas durante os shows, já que o brinquedo consiste em um barco descendo em um escorregador e se chocando contra a água, criando uma enorme onda.

Confira as fotos do pessoal se divertindo nos brinquedos do parque

Fonte: VEJA SÃO PAULO