Mistérios da cidade

Série mostra espaços bacanas para andar de skate em São Paulo

Mauro Mureta comanda a busca da pista perfeita na cidade

Por: Silas Colombo

Para os “surfistas do asfalto”, qualquer banco ou corrimão vira pista. O canal pago Off resolveu dar uma ajuda à turma e estreou no mês passado a série Skate no Quintal, apresentando espaços bacanas para a prática do esporte construídos em locais e com formatos inusitados. Durante nove capítulos, piscinas abandonadas, sacadas de casas e até salas de estar receberão saltos e manobras. Ícone da modalidade nas décadas de 80 e 90, Mauro Mureta comanda a caça aqui na capital. Uma das melhores opções é a piscina da casa de sua mãe, na Granja Julieta (foto). Abaixo, outras boas opções encontradas por ele em suas buscas na metrópole.

+ Projeto retrata as faces das ruas de São Paulo

+ Exposição "Pérolas" ocupa do Museu de Arte Brasileira

+ Hotéis paulistanos estão com diárias 15% mais baratas

Circuito na Vila Nova Conceição: série de obstáculos, rampas e retas localizada dentro do terreno de um estúdio de fotografia. Rua Brandão Bueno, 27.

Mini-ramp do condomínio L’Abitare: erguida com entulho da própria obra, possui bowl (tigela), corrimão e rampas. Rodovia Raposo Tavares, 3175, Butantã.

Piscina na Granja Julieta: adaptada com um half-pipe de 3,5 metros. Rua Inácio Borba, s/nº.

Piscina no Pacaembu: em estilo bowl, é ideal para treino de surfe. Rua Pará, 66.

Piscina no Hotel Ale Jordão: desativada no inverno, transforma-se em pista. Rua Gomes de Carvalho, 153, Vila Olímpia.

Fonte: VEJA SÃO PAULO