Memória paulistana

Pietro Maria Bardi posa para fotógrafo Juan Esteves

Por: Edison Veiga [Maria Paola de Salvo, Orlando Margarido e Paula Unga] - Atualizado em

Em 1992, ainda abatido com a morte recente de sua mulher, a arquiteta Lina Bo Bardi, o museólogo e professor italiano Pietro Maria Bardi posou para o fotógrafo Juan Esteves. Na famosa Casa de Vidro do Morumbi, o diretor do Masp segura um dos volumes do catálogo do museu lançado na época. Bardi morreria sete anos depois, aos 99 anos. Um tanto melancólica, a foto integra o livro Presença, com 150 imagens em preto-e-branco realizadas por Esteves. A obra, que será lançada na terça (7), traz retratos de artistas plásticos de diversas gerações e alguns profissionais de outras áreas, como o arquiteto Paulo Mendes da Rocha.

Fonte: VEJA SÃO PAULO