Exposições

Mostra de Picasso no CCBB atraiu mais de 250 000 pessoas

Encerrada na última segunda (8), montagem reuniu obras modernistas do museu Reina Sofía, de Madri

Por: Laura Ming

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Com filas constantes ao longo dos dois meses e meio em que ficou em cartaz, Picasso e a Modernidade Espanhola atraiu cerca de 250 000 pessoas ao CCBB e consolidou-se como mais um sucesso de público na história da instituição cultural.

Telas vindas do museu espanhol Reina Sofía, de Madri, de artistas consagrados como Salvador Dalí, Joan Miró e, claro, do mestre cubista espanhol puderam ser vistas de março a junho deste ano.

+ 22 coisas que só quem trabalha na Avenida Paulista vai entender

Uma das obras-primas de Picasso, Guernica foi tema de todo um andar com reproduções e vídeos da famosa pintura em alusão à Guerra Civil Espanhola. Mesmo sem contar com o original presente na mostra, o espaço foi um dos que mais despertaram o interesse dos visitantes.

Outras exposições sediadas no CCBB tiveram números expressivos, entre elas Visões na Coleção Ludwig, com 222 000 visitantes. O recorde do centro cultural continua sendo a mostra dedicada a Escher, que em 2011 levou 381 000 pessoas ao CCBB, em apenas três meses de exibição.

Com público de 317 000 pessoas, Mestres do Renascimento: Obras-Primas Italianas, que passou pelo espaço em 2013, também está entre as montagens mais concorridas do endereço.

Fonte: VEJA SÃO PAULO