Beleza & Bem-estar

A meca dos aromas

A Printemps dedica 2 000 metros quadrados à perfumaria e vira destino dos aficcionados de frascos

Por: Kênya Zanatta, de Paris - Atualizado em

meca dos aromas hermes
Espaço da Hèrmes: linha completa de fragrâncias (Foto: François Reinhart)

Na briga para atrair o pedestre da calçada do Boulevard Haussmann para as lojas, as concorrentes (e vizinhas) Printemps e Galeries Lafayette vivem inventando moda. A mais recente delas é a ampliação do departamento de perfumes da Printemps de 250 para 2 000 metros quadrados.

+ Os belos acordam: em três anos, estima-se que metade da população masculina será consumidora de cremes e afins

No térreo do prédio parisiense na esquina com a Rue du Havre, a chamada La Belle Parfumerie reúne agora mais de 120 marcas, separadas em estandes cheios de estilo. Mais do que quantidade ou decoração caprichada, no entanto, ineditismo e serviço exclusivo fisgam os amantes da perfumaria. “Vamos na contramão do self-service que tomou conta do mercado de cosméticos”, diz Charlotte Tasset, diretora do departamento. “Voltamos à essência: dedicar tempo para sentir os perfumes." Esse é o único lugar no mundo a oferecer a linha completa de fragrâncias Hermès. O espaço é concebido como um gabinete de curiosidades, que convida a descobrir os trinta aromas, organizados em compartimentos variados. A Christian Dior elegeu o endereço como o segundo em Paris — depois da butique na Avenue Montaigne — para expor a Collection Privée, um “buquê” de doze frascos à base das flores favoritas do costureiro francês. Na Guerlain, é possível se consultar com um perfumista.

lartisan parfumeur
L'Artisan Parfumeur: marca francesa com espaço garantido na Printemps (Foto: Divulgação)

Pela primeira vez, marcas francesas saem dos endereços próprios: Frédéric Malle instalou as “colunas para sentir” — cápsulas de 2 metros de altura para o consumidor, literalmente, entrar no vidro do perfume — e Serge Lutens abriu um estande negro com luzes violeta. No coração da Parfumerie, fica ainda o Scent Room, 500 metros quadrados dedicados a mais de quarenta grifes de perfumes com edição limitada: Juliette Has a Gun, lançada por Romano Ricci, bisneto da estilista Nina Ricci e neto do perfumista Robert Ricci, L'Artisan Parfumeur e a marca inglesa Boadicea the Victorious se destacam ali.

La Belle Parfumerie. 64, Boulevard Haussmann, Paris, tel. 33 (1) 4282-5000

Fonte: VEJA SÃO PAULO