Esporte

Pelé é transferido para uma unidade de cuidados especiais

O Rei do Futebol voltou a ser internado com infecção urinária na última segunda (24) e apresenta "instabilidade clinica", segundo equipe médica do Hospital Albert Einstein

Por: Veja São Paulo

Pelé
Pelé, em saída do hospital: ele acenou para os jornalistas (Foto: Reprodução / GloboNews)

Internado desde a última segunda (24), Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, 74, foi transferido para uma unidade de cuidados especiais no Hospital Israelita Albert Einstein, de acordo com o último boletim médico divulgado nesta quinta (27).

+ Pelé volta a ser internado em São Paulo

Segundo o hospital, o ex-jogador campeão do mundo precisou ser levado a esta ala do centro médico para "receber melhores cuidados". Confira a íntegra do boletim:

"O Hospital Israelita Albert Einstein informa que o paciente Edson Arantes do Nascimento (Pelé) segue internado com instabilidade clinica. Para receber os melhores cuidados, foi transferido para ser monitorado em uma unidade de cuidados especiais."

No documento divulgado ontem, a equipe médica afirmou que o tratamento para uma infecção urinária estava sendo realizado com antibióticos por via endovenosa, pela veia, e seu estado de saúde era estável.

No último dia 12 de novembro, o Rei foi internado no mesmo local com cálculos no rim, no ureter e na bexiga. Ele precisou realizar procedimento cirúrgico para retirada das “pedras” e recebeu alta três dias depois.

Nos últimos anos, Pelé vem sofrendo com problemas de saúde. Em 2012, precisou passar por uma complexa cirurgia no quadril. No procedimento, parte do osso deu lugar a uma prótese de titânio e cerâmica. Os médicos afirmaram à época que a lesão óssea foi causada pelo esforço durante a prática esportiva.

Fonte: VEJA SÃO PAULO