Crianças

Peixonauta — O Caso da Grande Chuva: herói na TV e no teatro

Apresentadores Angélica e Luciano Huck levam ao palco personagens da animação brasileira

Por: Clara Nobre de Camargo - Atualizado em

Peixonauta — O Caso da Grande Chuva - crianças - 2224
Matheus Romero, Melina Menghini e Andrea Ravanelli: elenco manipula bonecos criados pela Pia Fraus (Foto: Marcos Mesquita/Divulgação)

Em 2009, o casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck trouxe para o Brasil a versão teatral do desenho inglês Charlie e Lola, exibido pelo canal pago Discovery Kids. A produção importada fazia uma colagem de vários episódios televisivos e se mostrava um tanto arrastada. Agora, a dupla decidiu transformar em peça um sucesso brasileiro da programação da emissora e montou o espetáculo Peixonauta — O Caso da Grande Chuva.

Para levar a história aos palcos, Angélica e Luciano se cercaram de um time de craques. Celia Catunda e Kiko Mistrorigo, os criadores da animação, fazem a supervisão artística. Marcela Catunda escreveu o roteiro e Paulo Tatit, do Palavra Cantada, compôs a trilha sonora. Marília Toledo, por sua vez, assina a direção.

+ Festival de Férias do Teatro Folha exibe sete peças infantis

+ Férias escolares: cursos, acampamentos e pontos turísticos

Além deles, está envolvida a competente companhia Pia Fraus, que confeccionou bonecos de espuma iguais à turminha da TV. No palco, oito atores animam os personagens. A encenação logo conquista a criançada com as vozes gravadas pelos dubladores originais da série.

Utilizando teatro de varetas e a técnica japonesa do bunraku, na qual três manipuladores realizam os movimentos de um mesmo boneco, o elenco dá vida ao peixe detetive que vai à terra firme encontrar seus amigos, o macaco Zico e a menina Marina. Eles precisam ajudar os animais que vivem no Parque das Árvores, ilhados devido a uma enchente. Cabe ao corajoso protagonista a missão de salvá-los e ainda resgatar os garotos Pedro e Juca, perdidos do outro lado da mata.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO