Memória Paulistana

Pee-Wee autografa Yolanda Figueiredo, Uma Vida de Fé, Ética e Muito Bom Humor

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Sara Duarte] - Atualizado em

Ter aberto as portas do golfe para as mulheres brasileiras foi apenas uma das proezas de Yolanda Figueiredo, a Pee-Wee (ao lado, no São Paulo Golf Club, em 1965). Dona de dois títulos sul-americanos como jogadora e de doze como capitã, ela comandou por quarenta anos a seleção brasileira. Yolanda entrou para a história por ser mãe do renomado marchand Paulo Figueiredo, que morreu de câncer em 2006, e por ter criado, aos 60 anos de idade, a Casa Cor, o maior evento de decoração das Américas, cuja 23ª edição começa no dia 26. Nesta sexta (22), aos 83 anos, ela autografa na Livraria Cultura do Conjunto Nacional a biografia Yolanda Figueiredo, Uma Vida de Fé, Ética e Muito Bom Humor, lançamento da Egom Editora escrito pela jornalista Marcela Matos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO