Cidade

Ciclistas tiram a roupa em protesto pela falta de segurança no trânsito

Dezenas de manifestantes se reuniram na Avenida Paulista, na noite deste sábado (14)

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Dezenas de ciclistas participaram da oitava edição da Pedalada Pelada, que ocorreu na noite deste sábado (14), na Avenida Paulista. A iniciativa, que estimula os manifestantes a tirar a roupa como forma de protesto, tem como objetivo ressaltar a fragilidade de quem dirige uma bicicleta em relação aos carros, motos, ônibus e caminhões.

+ Cafés, restaurantes e bares que têm vagas para bicicletas

O evento criado no Facebook para convocar os participantes reforçou as bandeiras levantadas pelo grupo. "Vamos mostrar como 'nus' sentimos no trânsito! Obsceno é o trânsito! Vamos mostrar a fragilidade de nossos corpos frente à violência do motor e da velocidade", diz o texto de apresentação.

Cerca de 750 pessoas confirmaram a participação na rede social, mas a estimativa é de que menos de 100 paulistanos tenham comparecido, provavelmente devido à chuva. No ano passado, pedalada reuniu quase 400 ciclistas.

+ Três boas atrações na rota da Lapa

Como não é obrigatório ficar completamente nu, muitos apareceram por lá de cueca, calcinha e sutiã ou com alguma pintura cobrindo o corpo.

Um evento semelhante aconteceu na tarde de hoje no Rio de Janeiro. Porto Alegre, Florianópolis, Belo Horizonte e Campinas foram outras cidades que já reuniram os "ciclistas peladões".

Fonte: VEJA SÃO PAULO