Litoral

Pedágio para praia em Ilhabela pode custar até 80 reais

O valor cheio será pago pelos turistas; moradores de Castelhanos terão isenção na cobrança

Por: Redação VEJASAOPAULO.com - Atualizado em

Roteiro - Off-road - Castelhanos - 2246a
Castelhanos: trilha geralmente é percorrida em cerca de duas horas (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Meio Ambiente de São Paulo planeja cobrar até 80 reais de pedágio para quem quiser visitar uma das praias mais bonitas do Litoral Norte: Castelhanos, em Ilhabela. O valor ainda está em estudo pela Fundação Florestal, órgão da secretaria responsável por operar e controlar o uso da estrada de 22 quilômetros que leva até a praia. 

+ Moradores de ilhas do litoral paulista vivem no isolamento

Segundo a Fundação Florestal, a cobrança "está prevista dentro no plano de implantação da estrada" e será adotada uma política de ingresso diferenciada para os locais. Quem mora em Castelhanos terá isenção. Se o carro for de Ilhabela, haverá um desconto de 70% - ou seja, o pedágio fica por 24 reais. O preço cheio, de 80 reais, vai valer para qualquer turista. 

+ Hospedagem de luxo no Litoral Norte é mais cara do que na Europa

Além disso, a Fundação Florestal vai limitar o número de carros que podem ir diariamente à praia. Serão 107 veículos por dia - 65 jipeiros e 42 carros particulares. "Essas quantidades poderão ser reavaliadas após um período de operação", disse a Fundação Florestal, em nota. 

+ Endereços premiados por VEJA LITORAL PAULISTA “Comer Beber”

A estrada também vai passar a abrir mais cedo: das 7h às 14h sentido praia e das 15h às 18h para a volta. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO