Shows

Pearl Jam revive o movimento grunge na cidade

Grupo celebra seus vinte anos de estrada com dois shows no Estádio do Morumbi

Por: Carol Pascoal

Pearl Jam 2241
A banda: repertórios diferentes para cada uma das noites no Morumbi (Foto: Divulgação)

O grunge estourou na década de 90, mas os brasileiros tiveram de esperar quinze anos para ver ao vivo o Pearl Jam, um dos principais representantes do movimento ao lado do Nirvana. Liderada pelo recluso Eddie Vedder, a banda fez cinco shows no país em 2005, dois deles no Estádio do Pacaembu. Na época, o vocalista disse que a primeira noite em São Paulo foi superior às exibições em Seattle, cidade americana onde o grupo surgiu. Tomado pela emoção do momento, ele emendou que o quinteto retornaria em breve. Mas demorou.

+ Confira os shows que acontecem na cidade

+ Roupas xadrez viram mania

+ As Boas Compras: xadrez

Só agora, depois de seis anos, Vedder (voz e guitarra), Jeff Ament (baixo), Stone Gossard (guitarra), Mike McCready (guitarra) e Matt Cameron (bateria e percussão) voltam a pisar em solo paulistano, desta vez no Estádio do Morumbi. Os ingressos de sexta (4) desapareceram em menos de dois dias, mas ainda há entradas para todos os setores na quinta (3).

+ Concorra a ingressos para o show do Pearl Jam

As duas décadas de estrada motivaram o conjunto a criar uma turnê e sair por aí. Como de costume, os roteiros serão diferentes em cada espetáculo. "Alive" e "Even Flow", seus grandes sucessos, aparecem com alguma frequência no repertório — o resto ninguém sabe. A única certeza é que chegou a hora de tirar a velha camisa xadrez do armário (ou usar a nova, já que a moda voltou) e relembrar

Fonte: VEJA SÃO PAULO