Terremoto

Paulistanos sentem tremores após terremoto no Chile

Pelo menos cinquenta ocorrências foram registradas pelos Bombeiros na Paulista, Vila Mariana e Tatuapé 

Por: Pedro Henrique Tavares - Atualizado em

anhembi
Prédio da Universidade Anhembi Morumbi precisou ser evacuado (Foto: Arquivo Pessoal)

terremoto de 7,2 graus na Escala Richter ocorrido nesta quarta (16) no Chile também teve reflexos em São Paulo. O Corpo de Bombeiros da capital recebeu pelo menos cinquenta telefonemas com relatos de tremores nas regiões da Avenida Paulista, Vila Mariana e Tatuapé.

Na unidade da Avenida Paulista da Universidade Anhembi Morumbi, estudantes sentiram o prédio tremer. O local precisou ser evacuado.

+ Confira as últimas notícias da cidade 

Também foram registradas ocorrências em Guarulhos e Osasco, na Grande São Paulo. Os bombeiros confirmaram que os abalos daqui são derivados do terremoto chileno.

No entanto, a corporação tratou de tranquilizar os paulistanos. "Não houve acionamento para situações de risco", informou.

Como recomendação, a corporação disse que as pessoas devem descer dos prédios e verificar sinais de rachaduras e trincas. Caso algo seja constatado, é preciso acionar a Defesa Civil, por meio do telefone 199.

Fonte: VEJA SÃO PAULO